terça-feira, 22 de maio de 2012

.liberdade.

Internet

Sons distantes chamam dor
a brisa de cheiro doce 
acolhe lábios 
entreabertos em sussurros..

Amordaçada e calada
sem medo jogo-me
nebulosa e inerte
no interminável..

Procuro-te com o olhar
ávido de sonhar
 para sustentar 
   meu coração..

Deixo morrer o pensamento,
ferida descontrolada
que brinca de me enganar..

No deserto me liberto
sozinha e oca 
onde a vontade 
não ecoa..

Ing

24 comentários:

✿ chica disse...

Maravilhoso,Ingrid. Nem sei o que dizer!! E a imagem DEZ também!!beijos,chica

Expedito Gonçalves Dias disse...

Procura que dói. Dor que só é atenuada no deserto, onde não tem mais o que procurar.
Intenso, como sempre!
Abraços...

♥♥♥Ani♥♥♥ disse...

Boa noite Ingrid


Liberdade onde a vontade não ecoa...

Lindo!!!!!

Beijos
Ani

Rô... disse...

oi Ing,

o deserto muitas vezes parece ser o nosso único caminho,
o encontro com as nossas buscas e com as nossas dores...

beijinhos

Sotnas disse...

Olá poetisa Ingrid, que tudo esteja bem contigo!

Em cada passagem minha por cá, mais encantado me vou, devido ao inebriante perfume dos teus pensamentos escritos, parabéns por mais estes!

Apesar de não estar vibrante, a vontade ainda está lá, sendo assim ainda resta ele, a esperança!

Deveras intenso estes teus pensamentos escritos, tão intenso quanto expressivos são os teus sentimentos neles!

Tanto quanto meu agradecimento por tuas gentis visitas e amizade, e deixo meu desejo que você e todos tenham um viver deveras feliz e intenso, abraços e até mais!

Assis Freitas disse...

no deserto há sempre um oásis que ecoa,

beijo

*Simone Poesias* disse...

Sempre linda suas poesias!
Bjinhos no ♥

Incógnita disse...

quando a dor persiste..tornamo-nos um vazio.. bonitas palavras

Nita disse...

Mais um belissimo post!

Beijo da Nita.

MA FERREIRA disse...

Lindinha e Perfumada..
Seus poemas tocam minha alma..
Sensibilidade a flor da pele!
Amo te ler..
São lindos como voce!!

Um beijo..saudades

Mário Bróis - Poeta disse...

- Tô vindo aqui por dois motivos, saudade e retribuição: "no deserto me liberto/onde a vontade não ecoa" versos que fazem da poetisa que habita em ti, manifestar que o deserto é um teste de tentação, mas a poesia faz de nós não subterfúgio, mas nos dá força para sair de qualquer situação anti-egocêntrica. Ingrid vc é damis, temos que reconhecer o belo que há no teu poemar. Mário Bróis.

Cidinha disse...

Oi, Ingrid. Belissimo menina! Sensibilidade a flor da pele. Roubando as sábias palavras de Ma! Perfeito amiga. Bjos e bjos perfumados no seu coração! Tenha um lindo fim de semana.

Jorge Pimenta disse...

há saltos que nos aproximam do infinito e do ínfimo, simultaneamente. mas, como evitá-lo se nos fazemos de certezas, de dúvidas e de [ar]risco...

beijinho, querida amiga!

OceanoAzul.Sonhos disse...

Nem sempre conseguimos identificar esses sons que nos chamam, apenas se sentem e isso é inegável...
Lindo querida Ingrid.

beijinho, bom fim de semana
cvb

MA FERREIRA disse...

..passando pra te deixar um beijo.....

Zilani Célia disse...

OI INGRID!
QUE VERSOS LINDOS...
ABRÇS

zilanicelia.blogspot.com.br/
Click AQUI

Evanir disse...

Hoje estou passando no seu blog
para agradecer o carinho deixado no meu blog.
Estou feliz em saber o quanto posso contar com sua amizade
o quanto é maravilhoso uma amizade verdadeira .
Minha luta não foi em vão e muitos menos em vão
foi acreditar que ainda existe pessoas de coração puro e abençoado por Deus.
Meu eterno agradecimento por estar do meu lado sempre
mesmo por vezes eu estar um pouco ausente você nunca esquece de mim.
Um Domingo feliz para você e sua familia.
Beijos no seu coração.
Com carinho,,Evanir.

Severa Cabral(escritora) disse...

Mas um doce forte poema que tem tudo das tuas palavras escritas...
Aproveito para dá meu beijo de boa noite e convidar-te a visitar o blog do nosso amigo Daniel que deixou um poema a mim dedicado.Será que podes conferir se combina com o meu ser ,kkkkkkkk
bjsssssssssssssssssssssss

http://sonhoemopoesia.blogspot.com.br/

LORENA LEITTE disse...

"sons distantes chamam dor"
adorei!!!
boa semana
abraços

O Profeta disse...

Já esqueci, todas as palavras que queria ouvir
Todo os sentires por sentir
Já não sou protagonista de uma comédia de enganos
Sou apenas demiurgo de uma perversa cena de uma chegada sem partir

Sou uvas amargas do mês de Abril
Vinho de travo verde ao beber
Semente atirada ao meio das pedras
Olhos na bruma na inquietação do ver

Uma imensa e incontida força neste peito
Na alma uma cicatriz, qual estigma
Serei apenas um barco de papel à deriva!?
Ou como já alguém disse, um…Enigma…

Doce beijo

Maria Alice Cerqueira disse...

Querida Amiga, hoje eu quero muito lhe agradecer a sua linda e carinhosa presença no meu cantinho! Meu carinho sempre.
Tem um selinho lá no meu cantinho, feito com muito carinho! Se gostar leve com você!
Abraço amigo!
Maria Alice

Sonhadora disse...

Minha querida

O tempo é como o vento...leva as nuvens e deixa os sonhos que perduram para além do tempo...em imagens que acendem todas as lembranças...que guardam todos os silêncios onde gravámos todos os passos...Lindo como sempre ler-te.

Um beijinho com carinho
Sonhadora

Moita disse...

A vontade mesmo louca
Antes que ela fique rouca
Ecoa bem na razão.
Porque mesmo sendo oca
Mas se ela não sai mouca
De tanta repetição
mesmo vindo de uma louca
não sai apenas da boca,
sai oca, pouca ou rouca
de dentro do coração.

É só uma poeisinha com eco. rsss

1 cheiro

Maria Rodrigues disse...

Simplesmente maravilhoso.
Bom fim de semana
Beijinhos
Maria