sexta-feira, 14 de setembro de 2012

.confidências.

tela de Maria Amaral


Sem muitos segredos
um sussurro ao ouvido 
cala e pele e seca a lágrima..

Tuas mãos certamente
me desfariam em orvalho..

Lanças-me ao infinito
dividindo loucura 
cadenciando sonhos..

Olhar abandonado
que brilha eternidade..

Um brilho enevoado 
que esconde a vontade 
perpetua insanidade..

E a loucura vem calma
sem ternura nem jeito..

Ao final é uma miragem
 sentir tanto e nada
estou aqui só de passagem...

Ing

18 comentários:

Fruto do Espírito disse...

A Paz de Cristo,

Visitar seu blog alegrou meu coração as suas palavras contagiam.
Te espero no meu cantinho, vc é especial para o Blog Fruto do Espírito.

Com todo afeto esperando sua visitinha... e também sua presença como seguidora, retribuirei o carinho!

http://frutodoespirito9.blogspot.com/

***Lucy***


P.S. Visite também:

http://discipulodecristo7.blogspot.com/

ॐ Shirley ॐ disse...

Estamos aqui de passagem e devemos escolher os nossos momentos...Lindo, Ingrid! Beijinhos!!!

Assis Freitas disse...

pois a missão de tudo é passar, alguém já o disse,



beijo

OZNA-OZNA disse...

Como siempre es un placer visitar tu morada y perderse en la inmensa belleza de los versos que nos obsequias querida y admirada poetisa. Infinitas gracias por hacernos confidentes de ellos y muchos besinos de esta amiga admiradora que te desea con cariño feliz fin de semana.

LORENA LEITTE disse...

muito gostoso ler Confidências, forte e intenso! amei de verdade
Sentir tudo e nada !!!adorei
beijos

✿ chica disse...

Linda,Ingrid!!Tuas inspirações ,maravilhosas! beijos e um domingo tri legal! chica

Sonhadora (RosaMaria) disse...

Minha querida

Entre um e outro momento de felicidade que saboreamos...a vida passa rápido.
Lindo como sempre ler-te.

Um beijinho e obrigada pelo carinho deixado no aniversário do meu blogue.
Sonhadora

Nilson Barcelli disse...

Todos estamos de passagem.
Por isso, deveríamos viver cada dia como se fosse o último...
Magnífico poema, Gostei muito.
Beijo carinhoso, querida amiga.

O Profeta disse...

Hoje acordei na fúria dos deuses
O céu da ilha cobriu-se de espanto
Uma triste nuvem plantou-se sobre a minha cabeça
E verteu uma lágrima de pranto

Hoje acalentei uma esperança tonta
Uma ideia já morta
Um sentimento perdido na espuma
Numa ansia que já havia fechado a porta

Hoje é hoje
O amanhã mais um tempo triste de um coração
Hoje é apenas o perverso andamento do relógio
Hoje esqueci toda e qualquer oração



Doce beijo

vieira calado disse...

Estamos de passagem
só com os nossos segredos!

Bjssss

LUCIENE RROQUES disse...

Menina bom final de semana. Bela poesia. Aqui como sempre doces perfumes em bem distribuidas palavras.
Um grande abraço!

Nilson Barcelli disse...

Voltei e reli com agrado o teu poema.
Ingrid, minha querida amiga, tem um bom fim de semana.
Beijo.

Lu Guedes disse...

Eu confesso a você que dois versos ficaram aqui em mim, abraçando minha escuridão. Acho que deve ser essa minha paixão pela noite, madrugada - "tuas mãos certamente me desfariam em orvalho" simplesmente me deixou em suspenso e os demais versos foram escorrendo ao longo da derme numa lentidão equivocada. Calou-me. Sim, estou de passagem, mas a insanidade não passa. rs

bacio

Letícia Alves disse...

Penso que mesmo estando aqui de passagem, é preciso sentir, viver, e agradecer todos os dias.
Miragens não foram feitas para nós, mas os sonhos sim, pois podem se realizar.

Beijos!

Odair Ribeiro disse...

"Tuas mãos certamente
me desfariam em orvalho."

Gosto disso.
Vim, visitei gostei fiquei.


abraão!

Dayse Sene disse...

Boa noite amiga muito linda Ingrid!
Obrigada pelo carinho da sua visita.
Vim te deixar meu cheiro e ler seus sonhos, que cada dia estão melhores.
Feliz por poder estar aqui. E como sempre escuto essa música de fundo, que me dá uma paz infinta.
Li, alguns dos seus textos...estão lindos...mas muito me chamou atenção "Lanças-me ao infinito
dividindo loucura
cadenciando sonhos..", que lindeza!
Parabéns!
Linda noite e forte abraço.

PS! Se tiver Facebook. me add. procure por Dayse Sene, está bem? Abraços de carinho.

Giancarlo disse...

bella poesia, vero...siamo tutti di passaggio qui!! un abbraccio

António Jesus Batalha disse...

Estou a visitar alguns blogs, e tive o privilégio de encontrar o seu, vi na pagina inicial o que escreveu, e como gostei folheei mais algumas páginas e fiquei maravilhado pelo que vi e li.
Dou-lhe os parabéns, mas queria deixar um apelo continue assim dando sempre o melhor, boas mensagens, bons temas. Gosto de escrever, mas também gosto de ler bons temas, por isso é que parei aqui.
Meu nome é: António Batalha.
Sou um servo de Deus,e deixo aqui a minha bênção,que haja paz,amor na sua vida, muita saúde e felicidade.
PS. Se desejar seguir o meu humilde blog, Peregrino E Servo, fique á vontade, eu vou retribuir, se encontrar seu blog.