segunda-feira, 10 de setembro de 2012

.entre solos e bailados.

Internet - desconheço autor.


Não vejo sombras nem vultos
andando só me vejo ao longe
em estranha dança
sem cor de dor ou amor..

É uma caminhada longa
na pele que arde incessante
para um horizonte de luz..

Doces palavras versadas
que vergam joelhos frágeis
fazendo cair por terra o som
que outrora ouvia..

É um desatino desnudo
no grito ecoado que vem
e fere os ouvidos cansados..

Sigo a memória cega
exigindo muito sem troca
neste crer desesperado
neste viver amedrontado..

Ing

11 comentários:

Sotnas disse...

Olá poetisa Ingrid, que tudo permaneça bem contigo!

Olhar para dentro de nós, é um gesto de coragem. E nos faz redescobrirmos, questionarmos o que realmente somos ou queremos ser, e o melhor, avistamos e enfrentamos nossos medos, ainda que receosos, e, seguimos em frente, é isso, sempre seguimos!

Belíssimo pensamento escrito poetisa, exatamente como sempre encontro por cá, perfeito sempre, e encimado sempre por belíssima imagem, parabéns pelo sempre bom gosto, que compartilha com os amigos!

Mas, além de encantado por vir cá eu venho sempre agradecido por tuas tão gentis visitas e comentários, e assim desejo a você um viver de intensa felicidade, abraços e até mais!

Giancarlo disse...

Bella poesia, complimenti!! felice giornata a te...ciao

✿ chica disse...

Intensa e linda poesia,Ingrid.Sempre inspirações lindas!beijos,chica

ॐ Shirley ॐ disse...

Querida amiga, nossa caminhada pela vida, às vezes, nos amedronta...Mas, tudo passa e se renova. Um beijo, Ingrid!!!

Assis Freitas disse...

a memória cega é uma paisagem em brancas nuvens,

beijo

Sara disse...


Eu realmente gosto do perfumes suave! Eles são muito agradável e atraente!

Sandra Subtil disse...

um poema que combina com o meu estado de alma hoje.
Obrigada.
Beijinhos

Antônio Lídio Gomes disse...

Oi Ingrid.
É difícil analisar os sentimentos de alguém.
Neste poema vejo algo difuso, imaterial, e transcendente, como que alguém enxergando a sim mesmo, talvez de um outro plano.
Um abraço, e que teu resto de dia seja repleto de paz e harmonia.

silvioafonso disse...

.



Dizem que açúcar, massa e gor-
dura, quando consumido em gran-
de quantidade, engorda, mas pou-
cas são as pessoas que sabem que
algumas palavras dita em hora
indevida engordam, não qualquer
crianças, mas as inteligentes, e
muito.

Leia no meu blog o desenrolar
da coisa.

Um beijo,

silvioafonso






.

Evanir disse...

Boa NoiteAnjo Lindo.
Hoje venho agradecer o carinho deixado no meu blog pelo meu aniversário.
Agradeço a Deus por ter sua amizade e carinho muito tem me ajudado a romper
muitos momentos difícil pelo qual tenho passado.
A amizade é tudo nesses momentos conhecemos o carinho da amizade Sincera.
Beijos no seu coração.
Meu eterno agradecimento,Evanir..


Vivian disse...

...sempre um grande encanto
é estar aqui e emaranhar-me
nos teus cantos poéticos!

bjs, alma de flor!