quarta-feira, 26 de junho de 2013

.tão líquido.

Internet 


Me vejo no inverno frio
em cinzentas nuvens..

Sinto o sabor da água
que escorre quieta
no vidro da pele
que o sal corrói..

No olhar distante
vislumbre de luz eterna..

Quando um dia eu houver
um tanto suor de dor
terei a vida nas mãos
a transpor meu querer..

Me jogo em teus desejos
para saciar o que se liquefaz..

Ir além do silêncio
do gemido e do erro
na profundidade do teu olhar
para que não morras..

Ing





20 comentários:

JP disse...

Bela escolha musical antes de mais...e bem a condizer com este belo poema que nos trazes aqui.

Vai sempre além do silêncio e não te deixes envolver no inverno frio.

Beijo

Sinval Santos da Silveira disse...

Lindo demais,Parabéns!!!

Abraços
Sinval

Assis Freitas disse...

tudo tão profundo e líquido a vicejar



beijo

✿ chica disse...

Lindíssimo! Poema e música! beijos,ótimo restinho de semana,chica

Sonhadora (RosaMaria) disse...

Minha querida

Hoje passando para dizer que estou voltando (ainda devagar), mas com muita saudade e agradecendo as palavras de carinho deixadas durante a minha ausência.

Um beijinho com carinho
Sonhadora

Rô... disse...

oi Ing,

aqui as palavras escorrem languidamente,
cheias de perfume...
adoro!!!

beijinhos

ॐ Shirley ॐ disse...

Muito bonito o poema, Ingrid. E, felizmente, o inverno há de passar...Beijos e muita paz!

Tatiana Kielberman disse...

Sem dúvida, um dos melhores e mais lindos até hoje, Ing... ^^

Ok, sei que sempre digo isso, mas é que amo demais o que você escreve!

Dá pra sentir na pele o gosto de cada verso...

Beijos admirados!

P.S. Por favor, não demore a voltar!

vieira calado disse...

Eu rrrsss rs, a escrever o poema, escrevia outro...
Agora, por cá... é VERÃO!!!!
Finalmente!

Bjssss

lis disse...

simplesmente lindo Ingrid

AC disse...

Tão líquido e... tão sentido!

Beijo :)

Lindalva disse...

Arrepiou!!! Boa tarde Ing. Já começou a votação do 8º pena de Ouro em sua primeira fase, não esqueça que eis uma das concorrentes, agita a galera, o Ostra espera por você. Lembro que não podes indicar qual seja tua poesia. Ah! Traga para teu blog o PRÊMIO TROVADOR LÍRICO, um mimo do Ostra para os Construtores de Palavras. beijos perfumados!

Orvalho do Céu disse...

Olá, querida
Poema de bom gosto!!!
Gosto muito da música que postou... relaxa!!!
Visitando os amigos do Pena de Ouro 8...
Ótima semana e o meu carinho!!!
Bjm de paz e bem

Lindalva disse...

Boa tarde Ing, estou de volta, desta feita para dizer que teu voto no pena de ouro foi computado. Beijos

Maria Luisa Adães disse...

Ingrid

E ninguém vai morrer
Nem eu
Nem você

Se acreditarmos nas Palavras ditas
por Jesus :

"Eu sou a Ressureição e a vida"

E assim será!

Há tanto tempo não te encontrava e que saudades Deus meu...

E lindo, saudoso o que escreves e eu gostei!...

Já passei em São Paulo o mês de Junho e é frio!

Em Portugal é Verão e estão 38 graus em lisboa!

Grata por te encontrar. Foi uma surpresa Feliz,

Beijo, Maria Luísa

Antônio Lídio Gomes disse...

Ing, melhor música para esse poema não poderia existir.
Você a escolheu e deu um toque de nostalgia e suavidade ao poema.
Um abraço, e um beijo grande.

Sotnas disse...

Olá poetisa Ingrid, e que tudo esteja bem!

Deveras encantador sempre os teus escritos, pois sempre expressam a tua sensibilidade na elaboração das palavras e na maneira de expressar os teus sentimentos nestes teus belíssimos poemas, obrigado por compartilhar e parabéns, também pelas lindas imagens e as trilhas que cá sempre embalam minhas visitas, sendo assim sobre esta trilha da Enya, nem preciso comentar, pois teu bom gosto sempre esteve presente neste teu espaço!
E assim grato por tuas gentis visitas e comentários sempre demonstrando intensa amizade, eu desejo que tenha sempre em teu viver esta intensa e deveras felicidade, um grande abraço e, até mais!

Nanda Assis disse...

uau! poema mais tesudo!!

bjos...

Cidinha disse...

Olá, Ingrid. Perfeito! Um belo poema. Adorei também a música!! Muitos bjos perfumados e todo carinho sempre. Desculpe pela falta!

LUCIENE RROQUES disse...

Bom dia Ingrid, vim lhe agradecer as palavras, são tantos os sits que acabo mais respondendo os email, e comentários pelos sites, e como são muitos nem sempre da tempo, mas da minha janelinha sempre dou uma olhada mesmo sem visitar, porém ótimoooo estar aqui, e poder ler estas palavras tão lindas quanto a canção.
Boa semana, e um grande abraço!