domingo, 23 de março de 2014

caminhos de outono

Internet

É ao cair da tarde que se percebe
ao som de vento na pele
que só eu ouço..
Com a alma lavada pela chuva,
testemunha de lugares e lágrimas,
deixo-me levar pelo talvez de preces..
A umidade que respiro, em voz alta,
faz-me sentir invadida, única e exclusiva
sem o suor da devoção..
Existe sim, a vida que se encerra,
que deixa cair suas partes, se esconde,
que se prepara para sobreviver..
E eu dentro dela me acalanto
no frescor dos devaneios
e das paixões de outono..
No corpo dourado que no chão se deita,
no vermelho ardoroso esvoaçante
que acalma e abraça,
me sento sozinha, e novamente
inspiro...
Em voz alta escrevo
linhas de contar desejo e beijo
de jardim de cabelos ao vento
angústia e temor,
que tanta cor
ilumina e leva para longe..

Ing

21 comentários:

mariana gouveia disse...

tudo tão lindo!

LUCIENE RROQUES disse...

Bela poesia.
Vim lhe agrdecer as palavras em minha página. Tenha um excelente domingo.
Umgrande abraço!

Ordem do Saber disse...

Eis o outono das estações,
o outono das nossas vidas,
o outono das nossas inspirações,
o outono dos nossos versos.

Uma boa semana.

Sinval Santos da Silveira disse...

Querida Poetisa!!!

Que toda folha que cai, de lugar a uma nova..cheia de vitalidade e bom proveito para todos.
Abraços
Sinval

✿ chica disse...

O que se pode dizer? Lindo,lindo demais,SEMPRE!! beijos,chica

Anne Lieri disse...

Ingrid,vc escreve lindamente! Ficou maravilhosa sua poesia do outono dentro de nós! bjs,

Sonhadora (RosaMaria) disse...

Minha querida Ingrid

Como sempre comentar o BELO, é muito difícil e o teu poema é sublime.


Um beijinho com carinho
Sonhadora

Assis Freitas disse...

o outono é esta cor descolorindo



beijo

Rô... disse...

oi Ing,

os tons amarelados,
se mostraram lindamente através do seu poema...

adorei!!!

beijinhos

Tatiana Kielberman disse...

Que bom que existe o outono, com seus aromas particulares, para enfeitar a nossa vidas...

Linda mensagem em forma de versos, querida!

Um beijo carinhoso sempre!!

Evanir disse...

Muitas vezes só necessitamos de uma palavra de conforto, de ânimo,
de alguém que dedique um pouco do seu tempo para nós.
E são nessas muitas vezes que encontramos nossos amigos virtuais!
Hoje venho te abraçar pelo dia do amigo virtual.
Você é benção na minha vida.
Quero estar em sintonia contigo
por muitos anos .
Como muito carinho deixei um mimo na postagem,
simples mais de todo coração.
beijos te agradeço pela nossa amizade.
Evanir.

AC disse...

Deixo-me levar por esses devaneios, sentimentos fortes de vinculação à vida...
Que maravilha, Ingrid!

Beijo :)

Nilson Barcelli disse...

Um magnífico poema de outono.
Com o perfume habitual das tuas belas palavras.
Ingrid, tem um bom resto de domingo e uma boa semana.
Beijos.

Ani Braga disse...

Oi Ingrid querida


O que dizer?????
Lindo!!!!!
Ainda bem que sentas e em voz alta escreves, lindamente como sempre.

Beijos
Ani

ॐ Shirley ॐ disse...

Belo poema.
Ingrid, eu não conseguia entrar nos comentários, mas, já descobri como fazê-lo facilmente...vá ver no meu blog rs.
Beijos!!!

Maria Rodrigues disse...

Maravilhoso outono em forma de poesia.
Beijinhos
Maria

Maria Luisa Adães disse...

E temos escrito "Perfumes e Palavras" cantadas em voz alta
num caminho ainda por encontrar!

Tão diferente te encontro enquanto escreves e é dessa que eu gosto!

Maria Luísa

Sotnas disse...

Olá poetisa, e que tudo esteja bem!

Vida pulsante em cada novo dia, ainda que algumas findadas, para o renascimento de outras, é vida e, tão bem expressada cá nestes teu belíssimos e intensos versos, e eu encantado agradeço por compartilhar, e assim deixo cá meu desejo para que seja sempre deveras intenso este teu feliz viver, um grande abraço e, até mais!

Sonhadora (RosaMaria) disse...

Minha querida Ingrid

Passando para agradecer as tuas carinhosas palavras e deixar um beijinho.
Bom fim de semana
Sonhadora

jorge pimenta disse...

o outono, o travo seco dos fins de tarde, o aroma irreprimível de tão pequenos nadas e um par de versos com que o homem alimenta a sua secreta melancolia e as feridas de cada uma das suas estações.

beijinho, querida amiga!

ॐ Shirley ॐ disse...

Foi bom reler...
Querida Ingrid, beijos e ótimo domingo!