domingo, 13 de abril de 2014

melancolia.

orisval.wordpress.com


Cai a noite, e a luz que se apaga
leva com ela as sombras.
Ah... se eu pudesse , se eu conseguisse pegar esta luz!
Iluminaria meu caminhar para passos certos
onde a melancolia de teus olhos
se fossem com as sombras.

Meus passos, me levam onde um dia estive.
Passos de sonhar, de frágil lembrar...
Sopro de desejo que leve, se esvai -
tecendo gemidos e sussurros
na longa noite que se rasga na manhã...

Para além da memória que trai,
que vem da alma em desespero,
arrasto o amor vivido em dor
em correntes de incertezas,
de contornos ausentes e solitários...

Enfim, admiro o dia que insiste em se revelar,
levando o que, sem vontade, me trouxe...
E faz-me escorregar pelos emaranhados
obscuros e úmidos, da lembrança...

Ing

9 comentários:

Cidinha disse...

Olá, Ingrid. è bom estar aqui! estava com saudades. A melancolia por muitas vezes nos atormenta. Más sempre haverá um novo dia, levando com ele toda angústia , toda dor! Obrigada querida poetisa por partilhar! È um lindo poema, mesmo melancólico. Bjos perfumados e carinho sempre! Desculpe a falta! Feliz semana.

✿ chica disse...

Lindo,Ingrid!1 beijos,tudo de bom,chica e linda semana!

ONG ALERTA disse...

As lembranças sempre ficam marcadas, beijo Lisette,

Evanir disse...

Ingrid..
Quantas saudades do seu cantinho onde tenho oportunidade de ler tantos poemas maravilhosos.
Amiga peço perdão por demorar tanto a vir no seu blog.
Um antigo problema de saúde esta martirizando minha vida.
Lodo em nome de Jesus estarei operando espero que tudo de certo amada.
Só assim poderei manter minhas visitas como sempre fiz.
Uma abençoada semana beijos,Evanir.

Rô... disse...

oi Ing,

as vezes me sinto melancólica,
principalmente em dias mais frios,
quando a noite começa a chegar e escurecer o céu,
as luzes começam a se ascender e o meu coração fica apertado...
lindo seu poema,
me vi nele...

beijinhos

Anne Lieri disse...

Ingrid,ás vezes o dia que chega cheio de luz não combina com a gente,não é mesmo? Linda e tocante sua poesia! bjs,

Alma Inquieta disse...

Olá Amiga, que saudades!!!

Cada amanhecer traz a promessa de novos sonhos.
Lindo o teu poema, como sempre!

Um beijo enorme e desejo-te Feliz Semana Santa.

Tatiana Kielberman disse...

Minha querida Ing,

É lindo de ver e sentir este ritmo seu que se desprende da realidade momentânea para visitar um possível passado... talvez um rastro dele, ou coisa assim.

Dão coisas que ficam na alma e de fato nos tocam, abrindo o coração ao que é valioso.

Obrigada pela oportunidade de degustar suas letras... Sempre uma deliciosa viagem!!

Um beijo carinhoso!

Daniel C.da Silva (Lobinho) disse...

Muito bonito, Ingrid! Muito bonito.

Beijo amigo