sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

Ávida.




Que o amanhecer me encontre - tua
preencha-me e deixe-me plena
para ti e por ti...

Que meu corpo seja a luz
que te guia
nos desejos mais insanos
nas vontades ardentes...

Que eu aplaque as tormentas
que na tua pele vibram
sussurrando suave
palavras de vontades..

Sorvidas...

Ing

8 comentários:

"Cotidiano e Poesia " disse...

Sinto como se você me oferecesse o vinho mas sem tirar a rolha. Subentendido provocante entre os dentes.
Delicioso!

Fica com meu beijo!

Vini.

✿ chica disse...

Sempre MARAVILHOSA,Ingrid! bjs, ótimo fds! chica

A.S. disse...

O ramo breve do desejo,
molhou o silêncio,
arrepiou a pele sem pudor,
o estremecimento
nasceu sob as mãos,
surpreendente,
na ferocidade obscura
de uma orgia incandescente...

Beijos...
AL

ॐ Shirley ॐ disse...

Nossa! Arrasou, Ingrid!
Beijos!

ONG ALERTA disse...

A paixão....
Beijo Lisette.

Maria Luisa Adães disse...

Que queres que te diga?...

Amo o que dizes
e participo contigo
teus gostos
e teu vinho de deuses!

Com ternura,

Maria Luísa

Maria Rodrigues disse...

E a paixão falou em forma de poesia.
Lindo!
Beijinhos
Maria

AC disse...

Ingrid,
O envolvimento é tal que nos roça a pele...
Muito bom!

Beijo :)