terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

Insônia.


Internet - desconheço autoria


Em fogueira fecundas
meu corpo...
Aplacas a chama
que deságua em martírios...

Doce e atroz brasa
que me consome!
Ter em mim teu olhar...

Tropega - por vezes
caminho...
Levada
pela emoção
pela vertigem
de sentir que a cada dia
sou mais tua...

E em mil palavras
calo-me...
E entrego-me!

Ing

14 comentários:

✿ chica disse...

Lindíssima poesia e entrega! um beijos,tudo de bom,chica

ॐ Shirley ॐ disse...

Bravo! Muito bom, Ingrid.
Beijo e muita paz!!!

Rô... disse...

oi Ing,

você sempre perfumando nossos dias com lindas e inspiradas palavras...

beijinhos

AC disse...

"E em mil palavras
calo-me...
E entrego-me!"

Uma entrega profunda, querida Ingrid!

Um beijo :)

Lindalva disse...

Bons sonhos :-) :-)

Olá querida amiga. Este não é um comentário comum, mas um convite (spam claro kkkk) Nosso dia é todo dia, mas dedicaram um dia a nós: o 08 de março, que assim seja, mas na Ilha dedicamos uma semana inteirinha para nos kkkkkk venha minha amiga, vamos nos juntar, ficar juntas e misturadas. Grande beijo cor de rosa no coração.
http://folhas-da-ilha.blogspot.com.br/2015/03/semana-da-mulher-2015-na-ilha.html

Maria Rodrigues disse...

Um entregar pleno.
Lindissimo poema.
Beijinhos
Maria

Maria Luisa Adães disse...

E essa entrega tão natural
me seduz e o poema é brando, melancólico e belo!

Amei!

Maria Luísa

CÉU disse...

No mínimo causa insónia, Ingrid, porque no máximo, no apogeu, causa aquela entrega e aquela doação, que só se podem sentir. Amei seu poema.

Beijos.

ॐ Shirley ॐ disse...

Reli essa maravilha, Ingrid...
Deixo-lhe um grande beijo!!!

Maria Rodrigues disse...

Ingrid, passei para desejar um bom fim de semana e deixar um beijinho.
Maria

AC disse...

Um sentir, uma comunhão, apesar das agruras...
Gosto sempre, Ingrid!

Um beijinho :)

Carmem Grinheiro disse...

Olá, Ingrid.
O genuíno sentir da emoção.
Bonito poema.

bj amg

meus instantes e momentos disse...

que bom voltar aqui...
ler voce é entender voce ou quase...

Dilmar Gomes disse...

Ingrid, agradeço aqui tua visita ao meu modesto espaço. Gostei deste blog, pois ele soa musical. Também da tua criação poética.
Um abraço daqui do sul do Brasil. Tenhas uma linda semana.