domingo, 26 de agosto de 2012

.legítimo amar.




Segurar minha mão levando à distâncias
que o céu não limita..
Segurar minha alma se pudesses
prendendo-a à tua sem limites..
Vejo horizontes tão incertos
nesta loucura do viver..

Leva a angústia latente
neste céu de nuvens..
Não existir sem sensação
nem entediar-me na multidão..

Tudo é espaço é tempo
é espanto no silêncio..
Cumpro a instante função
onde a mágica esvazia o poema..
E atrevida jogo-me neste espaço vazio
esperando a fragilidade do cansaço..

Ing

18 comentários:

Assis Freitas disse...

espanto no silêncio é verso súbito,



beijo

AC disse...

Um tactear à flor da pele, uma flor que teima em se esconder...
Gosto sempre, Ingrid!

Beijo :)

Cidinha disse...

Olá, Ingrid. Estava com saudades! A delicadeza do poema torna-se suave como um sopro cada versos. Amei flor! Estou retornando, pois a duas semanas estou de cama. Obrigada pela carinhosa visita! Que a sua semana seja de muita alegria, paz saúde. Beijinhos!

LORENA LEITTE disse...

como é gostoso ler coisas boas ,profundas e interessante !
lindo !
beijos

Verso Aberto disse...

mãos a dar-se
a saltar do poema
desabismando-se

muito bom

abs

ONG ALERTA disse...

O tempo não tem espaço...
Beijo Lisette.

André Foltran disse...

Encontrei teu blog por acaso e gostei do que li. Seguindo já! Visite também o meu caderno/blog e, se puder, me siga: http://andrefoltran.blogspot.com/

Grande abraço,
André

Rô... disse...

oi Ing,

adorei esse seu jeito atrevido,
de sentir,
me identifiquei demais...

beijinhos

♥♥♥Ani♥♥♥ disse...

Grande beijo e que sua semana seja maravilhosa.

Ani

Lu Guedes disse...

Gosto quando os poemas entram em mim e reviram meu íntimo. Bacio

MA FERREIRA disse...

sempre lindo ter ler...amo..
saudades...bjs

Severa Cabral(escritora) disse...

bOA TARDE MINHA LINDA !!!!
Lindíssimo poema, como sempre leio aqui.É tua marca a profundidade aliada à beleza do amar !
beijos

migalhas disse...

oiiiiii amiga, arranjei um tempo para vir lhe fazer uma visita diária ao seu belo espaço , desejar-lhe uma boa tarde, felicidades e tudo de bom..
Se você quiser passa la no meu blog de poemas, seria um prazer ter-te por lá http://assombrado-mc.blogspot.com abraços

Amapola disse...

Boa noite, querida amiga Ingrid.

Segurar na mão dá início à magia poética.
Amei...

Muitas alegrias.

Beijos.

Maria Alice Cerqueira disse...

Querida amiga

Peço desculpas pela minha ausência, mas não é por esquecimento, mas sim por conta de meu novo projeto, o qual me está retirando muito tempo.

Ser esposa, mãe, amiga, dona de casa, e ainda aprendiz de escritora, não é tarefa muito fácil, requer de nós um grande equilíbrio.

Queria muito agradecer por sua presença amiga lá no meu cantinho, presença que me alegra por demais meu coração e minha vida! Muito Obrigada!

Me perdoe por alguma coisa.

Um lindo dia para você.

Abraço amigo

Maria Alice

Letícia Alves disse...

E o amar que descortina todo o ser,
Despedaçado coração,
Colado em emoções.

Maria Luisa Adães disse...

E à fragilidade
será dada a força...

Maria luísa

Sinval Santos da Silveira disse...

Bom dia! Poetar é bom...sonhar tambem...
Amei tudo aqui.
parabens
Sinval