sábado, 6 de setembro de 2014

Algo de luz



Uma história corriqueira
e á estava eu a esperar - coração seco...
Vazia de amar -
mas plena de desejos...

Escorregando por becos escuros
vislumbrando sombras
redemoinhos de folhas secas
remetem à minha pele...

Tenho na minha loucura
um passo de dança
que balança um ventre -
sem vontades...

Sem saber aonde vou
busco a calma - e um som
na luz difusa
de uma lua azulada...

Meu absurdo - interior
leva-me aos abusos
que eu entrego às manhãs
de janelas nuas de luz...

Ing

Originalmente postado em Retratos da Alma
http://retratosdaalma.com.br/

6 comentários:

Jorge disse...

Lindo demais...
Beijinho doce!
:))

Malu Silva disse...

Belo e leve de ser lido... Adorei.
Um grande abraço!!!

ॐ Shirley ॐ disse...

Lindo, Ingrid. Luz, é tudo o que precisamos.
Beijos e...muita luz rs!!!

Maria Luisa Adães disse...

Te lembras...
Eu sou a que passa

E leio teus versos
E lhes toco
E os prendo juntos
com palavras tuas e minhas!...

Maria Luísa

✿ chica disse...

Muito lindo, como é o teu jeito de poetar! bjs, chica

Cidinha disse...

Olá, amiga. Belo!! Maravilhosa inspiração! Adoro ler vc. Todos os poemas belíssimos!! bjos perfumados e feliz semana.