domingo, 6 de fevereiro de 2011

balada à fome.



Internet - desconheço autoria blog la belle
 
Fome de letras de ouvir
fome de partes de mim
vertigens de vazio
que está em outro porvir..

Incendio de palavras
aceso na cama
em lençóis frios
onde afunda meu corpo..

Embalar contraído
trazido do delírio
da mulher de nuvens
da rima que se avizinha
ao gemido exposto..

É fome que soletra a manhã
que rabisca sementes
que tem entrelinhas
de auroras perfumadas..

Ing

28 comentários:

Vanessa Souza Moraes disse...

Essa inanição de vida.

http://vemcaluisa.blogspot.com

LuH disse...

Não só de pão vive o homem...

Ing, que belo poema!
Dias perfumados pra ti!
bjoo

Jorge Pimenta disse...

a míngua-metáfora é, quantas vezes, o fiel companheiro (e carcereiro) do poeta?
míngua de inspiração... vazio de palavras... silêncio existencial... niilismo humano...
subitamente, sem aviso prévio, a explosão poética. nem as lágrimas sustêm os estilhaços.
beijinho, amiga!

Tempestade disse...

As auroras perfumadas,
Sempre trarão novas inspirações,
E outras letras....


Beijos!

Shirley disse...

Que fome boa...tem que ser degustada...Parabéns, querida Ingrid!

Ingrid disse...

Vanessa,
vida de fome ,fome de vida..
beijos.

Ingrid disse...

Obrigada querida LuH..
beijos..

Ingrid disse...

Querido Jorge,
e tanto que jorram de nós as letras como lágrimas..
beijo ..

Ingrid disse...

Tempestade ,
sabes que a cada dia novas letras se formam..
beijos querida..

Ingrid disse...

Shirley,
saborear a vida.. lentamente..
coisa boa!
beijo amada..

Maria Marluce disse...

Saborear o perfume da tua inspiração é sempre um prazer. LINDO poema, parabéns.

José Sousa disse...

Inalando o seu perfume
Surge a ância de te lêr,
Em todos os seus poemas
Me dão força de viver.

Gosto de te lêr, sabia?

Beijão querida Ingrid

Ingrid disse...

Obrigada Maria pelo carinho..
beij

Ingrid disse...

José amigo querido,
sempre bom te ver aqui..
beijos

Chica disse...

Eis aí uma fome linda...beijos, ótima semana!chica

Assis Freitas disse...

"se o que nos consome fosse apenas fome/cantaria o pão"


beijo

El Brujo disse...

Quando vi a tattoo imaginei como ficaria em vc!

Ingrid disse...

Chica,
e não se morre dela.. isso é o melhor..;-)
beijos

Ingrid disse...

Assis,
é isso.. simples..
beijo

Ingrid disse...

Brujo,
acho que não combina comigo..
mas é bonita..
beijo.

Sandra Botelho disse...

Lindo poema querida
acho que todas temos essa fome de poesia de vida...de arte. Bjos achocolatados

Naty e Carlos disse...

"Há momentos na vida em que nos deveríamos calar... e deixar que o silêncio falasse ao coração; Pois há sentimentos que a linguagem não expressa... e há emoções que as palavras não sabem traduzir..
Bjs com carinho

Ingrid disse...

Sandra,
acho que sou meio voraz por tudo. rsrs... ;-)
beijos perfumados

Ingrid disse...

Naty e Carlos,
obrigada pela visita e carinho..
beijos

Borboleteando disse...

Simplesmente lindoo!!
Fico sem palavras qnd leio seus artigos..
Ótima semana

Beijo

Ingrid disse...

obrigada pelo carinho Borboleteando..
beijos.

El Brujo disse...

é que as tuas letras ficaram na minha cabeça

El Brujo disse...

Sonhei que tuas letras marcadas na... dançavam pra mim!
Bom dia.