domingo, 10 de abril de 2011

perdeu-se.

do blog No Meio do Caminho tinha uma pedra..http://invente-tente.blogspot.com/


Só me digas
de onde vem tuas palavras..
Só me digas
por onde sentes o que dizes..

Me mostre este caminho
novo e turbulento..
Me mostre porque
continuar nele..

 Me faça sentir
o que faz valer a pena..
Me faça viver
o que me é tão precioso..

Me digas porque
me sinto perdida..
Me digas porque
não te sinto mais..

Traga de volta
o que me tiraste..
Traga de volta
o amor que esqueci..

Ing

22 comentários:

Rô... disse...

oi amiga bom dia...

o amor deve estar mesmo sempre presente em nossos dias,
em nossos corações e em nossos pensamentos...

um domingo muito cheiroso
muitos beijinhos

Shirley disse...

Uáu...que lindo poema, Ingrid! Muitos beijos!

Van disse...

Li os últimos 4 poemas que por falta de tempo esta semana, eu ainda não havia lido.

Cada um mais lindo que o outro.
Ingrid, sua inspiração parece cachoeira: jorra milhões de palavras cúbicas por minuto.
Lindos demais!

Que seu domingo seja feliz, cheio de paz, cercado de amor.
Beijos encantados!

Sandra disse...

Eu diria " o amor que não esqueci" ...mas seria pretencioso da minha parte.
Amor assim às vezes é tortura ;)
Beijinho

✿ chica disse...

Lindos versos tristes...beijos,´timo final de domingo!chica

Andréia B. Borba disse...

Olá! Primeira vez por aqui. Adorei sua casa! Será um prazer passear por aqui...
Lindo post!
Grande abraço querida, Déia

Cristiane disse...

Sem comentários...quando se perde, difícil achá-lo como antes! Bom domingo, querida!

LuH disse...

Fazer valer a pena...


Bjos, Ingrid

Sonhos De Deus disse...

Minha linda,concordo com nossa amiga quando se perde acabo é triste mas é fato,uma linda semana bjks no coração!

Jorge Pimenta disse...

quantas vezes faço por me perder só para poder sentir a sensação de me voltar a encontrar...
beijinho, querida ingrid!

Assis Freitas disse...

perdeu-se/ partiu-se,


beijo

Vozes de Minha Alma disse...

Oi Ingrid.
E que venha este amor
com toda intensidade e paixão
e com ele, mais e mais poemas escritos em teu coração.
Um abraço, bjs.

Sonhadora disse...

Minha querida

Quantas vezes gritamos...mas perde-se o grito no infinito...entre o soluço e a lágrima, adorei e deixo um beijinho.

Sonhadora

Insana disse...

Prefiro quano se tem um ponto do que viver na interrogação

bjs
Insana

Érico Cordeiro disse...

Oi, Ingrid,
Cheguei aqui por acaso, mas virei outras vezes - coloquei seu blog entre os meus favoritos.
Gostei do poema - há nele uma certa melancolia que emociona.
Aproveito para convidá-la - e os seus leitores - a conhecer o blog Jazz + Bossa:
www.ericocordeiro.blogspot.com
Abraços fraternos!

Renata de Aragão Lopes disse...

"Traga de volta
o amor que esqueci."

Será possível?

Beijo,
Doce de Lira

R.B.Côvo disse...

Voltará... Abraço.

silvioafonso disse...

.


Tem sorriso que é mais triste
que a minha lágrima, mas o teu
é mais bonito que a minha
felicidade...

silvioafonso






.

Ivana disse...

Traga de volta tudo que te faça feliz porque você merece, moça linda! Um grande abraço, com toda minha amizade Um abraço!

Severa Cabral(sonhadora) disse...

"Só me digas
de onde vem
tuas palavras..."
Como eu queria saber onde fica a fonte de tua inspiração,sou tua admiradora há algum tempo,só guardava no silêncio pq tudo é muito rico...bjsssssssss

Ingrid disse...

obrigada queridos amigos pela presença e comentários!
meu trabalho me limita por vezes, mas saibam que estou passando sempre..
beijos perfumados..

Vieira Calado disse...

Minha 1ª visita.

Andei por aqui a ler.

Achei o blog interessante e variado.

Saudações poéticas.