sábado, 9 de novembro de 2013

.Noites Brancas.



Noites Brancas  -  Ana Pinto


À  sombra de um dia inteiro
vejo um segredo sem certezas
de  olhos enevoados
de noites insones..
Carrego  no peito
a noite que nunca vem..

Fugir de mim e das sombras
que teimam em se manter
nas frestas do meu grito,
no descaso de um rabiscar
de insonia que se mantém
em lençóis eternos de alma..

Na pele, o cansaço da ternura
que escorre em suor amado..
no tumulto de um verso
que  duvida da luz
que teme iluminar
o desejo insinuado..

Inusitado,
corre o desespero da ausência
na ventania do que será,
levando a escuridão
para dentro do sonho..


Ing


Este post integra o projeto Caderno de Notas do qual tenho a honra de participar juntamente com as queridas 

O primeiro tema : "Noites Brancas"

21 comentários:

✿ chica disse...

Poesia maravilhosa, como sempre as tuas e esse é um belo projeto.Boa sorte! Sempre legal participar!beijos,chica

Giancarlo disse...

Un felice week end a Te...ciao

ॐ Shirley ॐ disse...

Apreciei o seu poema, Ingrid, "à sombra de um dia inteiro". Lindo! Beijos!

Rô... disse...

oi minha querida,

que brancas sejam as nossas noites,
os nossos pensamentos,
e os nossos sentimentos,
brancas e perfumadas...

beijinhos

JP disse...

E gostei imenso Ingrid....muito mesmo.

Os sonhos não gostam de escuridão....gostam do colorido da vida.


Beijinho

Assis Freitas disse...

o branco do sonho
o branco da pele
tudo o que impele


beijo

Maria Rodrigues disse...

Que os nossos sonhos não tenham escuridão, para isso basta a vida.
Nostálgico e lindo.
Beijinhos
Maria

Anne Lieri disse...

Ingrid,que beleza de poesia e parabéns a todas vcs por esse projeto! bjs,

Severa Cabral(escritora) disse...

Lindo projeto e lindo seu poema ...é no Perfumes e Palavras que nos encontramos sempre...

Hoje estou no blog da Cathiaho falando da arte das rendeiras.Vale muito sua visita ,me fará feliz !
http://reflexosespelhandoespalhandoamigos.blogspot.com.br/2013/11/renda-se-arte_9.html#comment-form

Dayse Sene disse...

Muito lindo os seus versos amada amiga...guarda uma intensidade que emociona. E nesses versos que colhi, vejo todo o desenvolvimento do seu poema "Fugir de mim e das sombras
que teimam em se manter
nas frestas do meu grito,..."
Maravilhoso! Parabéns!
Feliz semana e forte abraço.

Lunna Guedes disse...

É minha cara, as vezes a escuridão nem sempre é do espaço onde estamos e sim da alma dentro do invólucro.
bacio

Sonhadora (RosaMaria) disse...

Minha querida

Como sempre um poema imenso e profundo que adorei ler. Um projecto lindo e que de certeza vais brilhar.

Um beijinho com carinho
Sonhadora

OZNA-OZNA disse...

Infinitas gracias mi dulce y adorable poetisa por acariciar nuestra alma con la belleza de tus letras. Miles de besinos y feliz inicio de semana te desea esta amiga con inmenso cariño.

Tatiana Kielberman disse...

Minha linda Ing,

Sempre que leio seus escritos, é como se uma mescla de melodia e ritmo pudesse invadir meu corpo, prevendo a nota seguinte...

Na verdade, acho que é a alma que já conhece a essência a ser tocada.

Lindo, lindo! Descrição de uma noite de sensações intensas...

Alegria enorme estar nesse projeto em sua companhia!

Beijos!!

REINVENTANDO disse...

Linda poesia.." o desespero da ausência" significado das pessoas que são especiais para nós.
Abraços.Sandra

Sotnas disse...

Olá poetisa, e que tudo esteja bem!

A dor da ausência pode nos fazer não pensar com clareza, porém não deixamos que isto aconteça quando nos deixamos invadir pelas boas lembranças de quando presente, afinal os bons momentos são para serem lembrados!

E cá estou eu, me encantando com tuas perfumadas palavras que exalam intensos sentimentos, e assim agradeço por compartilhar, e também por tuas sempre gentis visitas e comentários e deixo meu desejo para que seja sempre tão feliz e intenso o teu viver, um grande abraço e, até mais!

Artes e escritas disse...

Achei instigante o seu poema e, como está escrito primeira parte; aguardo a continuação. Parabéns pelo poema! Um abraço, Yayá.

cumade silva disse...

Gostei muito do poema! Muito bonito!

Cumade

Carla Fernanda disse...

Belo, belíssimo!!

Beijos!

jorge pimenta disse...

a ausência vertida para dentro do sonho: o nervo que nos percorre de estrela a estrela.

beijinho, ingrid!

Rita L.M. disse...

"insonia que se mantém
em lençóis eternos de alma..."
Belo. Belíssimo.
Bjs minha amiga linda