quinta-feira, 10 de julho de 2014

Abismo

Internet - http://incongruentelisura.blogspot.com.br/


Quando sinto o vento no rosto
que arrepia a pele e a alma
no horizonte não há tua voz
na luz não há mais teu brilho...
Não quero que o desejo
deseje mais intensamente
ter teu viver sobre o meu
fazendo-me vagar pelo abismo...

Meus versos compõem espaços - vazios
em vadio e insano pensar
na estrada que levou-me longe de ti
para a escuridão do esquecimento...
E talvez nesta noite mais negra - de pesar
eternizar o meu grito
amordaçado - sacrificado
pelo teu amar...

Ing


16 comentários:

✿ chica disse...

Sempre muito lindas tuas poesias! beijos,tudo de bom e obrigadão por brincar por lá( no post do CARRO) chica

Rô... disse...

oi minha amiga,

tão bom quando vejo que as pessoas falam de amor...
adorei!!!
o amor deve ser o combustível dos nossos dias,de todos eles...

beijinhos

Artes e escritas disse...

Parece que os seus poemas atravessam uma fase triste. Cabe ressaltar que os poetas, assim como os pintores e escultores têm fases no crescimento da arte enquanto talento, o que faz a arte transparecer em movimento. Um abraço, Yayá.

Malu Silva disse...

Cortante... dolorido grito na noite negra a eternizar o nome de alguém dentro do peito. Lindo!!!

www.euflordealfazema.com

Maria Luisa Adães disse...

Amor, dor e desejo nesse teu cantar

e eu amei teus versos, como se pudesse entrar por uma outra porta
e te amar!

Beijos e saudades,

Maria Luísa

ॐ Shirley ॐ disse...

Ah! O antagonismo do amor...tão lindo e machuca tanto...
Querida Ingrid, beijos!!!

Lindalva disse...

Calma, calma Ing teu voto no 9º Pena de ouro já foi computado kkkkkkkkkkkkkk Tu eis impiedosamente mágica e profunda em teus posts.... maravilha querida... Beijos no coração.

Cidinha disse...

Que lindo Ingrid!! Vc sempre encanta com seus versos, nos arrebatando na emoção. Adorei! Obrigada pelo carinho lá no blog. Bjos perfumados e bom fim de semana!

Sotnas disse...

Olá poetisa, e que tudo esteja sempre bem contigo!

Este teu belo poema, assim com outros que por cá me encantam, me faz lembrar que nem sempre teremos tudo que amamos, ainda assim, amamos deveras o tudo que temos, por entendermos que nem sempre tudo é o bastante.
Assim é o amor, não basta senti-lo, necessitamos tê-lo presente!
E assim eu grato por poder estar por cá, o que é um prazer enorme me encantar com teus intensos pensamentos escritos, além das imagens e, também por tuas sempre deveras gentis visitas e comentários deixo também meu desejo para que seja sempre tão intenso e deveras feliz o teu viver, um grande abraço e, até mais!

Maria Rodrigues disse...

Um poema intenso, pleno de amor e saudade e lindo.
Beijinhos
Maria

Nilson Barcelli disse...

O amor é eterno... enquanto não acaba.
Mas, quem ama sem ser correspondido, entra numa noite negra...
Magnífico poema, gostei imenso das tuas palavras.
Querida amiga Ingrid, tem um bom fim de semana.
Beijo.

AC disse...

Ingrid,
Os seus poemas conjugam tão bem a intensidade com a delicadeza...!
Sou fã.

Beijo :)

Evanir disse...

Com muito carinho nesse fim de semana
venho desejar muitas coisas abençoadas
para você.
Se Tiver avó..Feliz dia da avó.
Feliz dia do escritor para mim
escritor é todo aquele ,
que escreve um livro ou simplesmente
uma poesia até mesmo quando escolhe um poema.
O fato de escolher um poema ou um texto
para postagem não deixa de participar da vida do escritor.
O escritor esta no coração de cada um de nós.
Eu não me considero importante mais do
que ninguém por ter escrito
um livro.
Um feliz e abençoado final de semana beijos.
Evanir.

meus instantes e momentos disse...

que bom voltar aqui...

Maria Luisa Adães disse...

Bela forma de amar!

Maria Luísa

Eros disse...

Vertiginoso!