quarta-feira, 9 de março de 2011

cacos de pecado.

Internet - desconheço autoria

Longe de mim translúcida dor
carrega delírios umedecidos
no peito agitado a arfar..

Sob a nudez vejo deserto
perdido pecado
estendido no travesseiro..

Seios de cabelo escorrido
mordidos no esforço sóbrio
de assombroso gozo esmaecido..

Destroços de verdade contida
a descobrir cacos de nunca
em fendas de aurora inconfessa..

Encerra a solidão em carcaça
visão alucinada de ilusão
no mistério findo da paixão...

Ing

47 comentários:

ValCruz disse...

Bonito texto querida!

Bom dia pra vc, e

Abraços!

R.B.Côvo disse...

Lindo texto, Ingrid! Um abraço pra você.

Sotnas disse...

Olá Ingrid, desejo que tudo esteja bem contigo, sempre!
Creio que todos buscam encerrar a solidão em algum lugar, e nestes momentos de total contentamento, de êxtase acreditamos não existir qualquer caco ou algo parecido com solidão!
Belíssimo poema, sempre palavras sensíveis de enorme expressão.
Escreve com o fervor da alma, parabéns!
Obrigado pelas carinhosas visitas e comentários, abraços e até mais!

Betha Mendes disse...

Cacos do pecado... são muitos estendidos por aí: contraditoriamente prazeirosos. Nas camas, nos travesseiros, nos corpos, no mundo!
Uma bela poesia!!!

bjs

Betha

Letícia disse...

Lindo texto!
O mistério da paixão sempre nos faz surpresos.
É sentimento único e avassalador.
Sinto falta disso!
Beijos!

Van disse...

Paixão é tempestade, tanto é forte quanto passa

beijos Ingrid

Casa Decorada disse...

"Encerra a solidão em carcaça
visão alucinada de ilusão
no mistério findo da paixão"
Ingrid esta última estrofe com ..com a musica de seu blog me faz ficar por aqui por muito tempo...
Que vc tenha um lindo dia!
bj

Juci Barros disse...

Um tanto nostálgico, e lindo!

Beijos.

Cristal disse...

Maravilhoso!!!!

Beijos

Ani

A.S. disse...

Ingrid,

Há sempre um doce pecado
que nos atormenta,
onde a transparência se turva,
ilimitadamente,
de desejo e prazer...


Beijos meus,
AL

Vozes de Minha Alma disse...

Bárbaro, transcendente e divino!
O que mais dizer?
Só aplaudir.
Bjs.

Shirley disse...

Querida Ingrid, vim ver mais esse belo poema e agradecer suas palavras de carinho pelo meu aniversário. Beijo de luz!

O que Cintila em Mim disse...

Perfeito e cristalino como água da fonte!

A. Reiffer disse...

Linguagem muito bem trabalhada em um poema de sensibilidade e melancolia. Abraços!

Andressa disse...

A ilusão aluci-nada.

Ingrid disse...

Obrigada Val..
pela visita e palavras..
beijos..

Ingrid disse...

Côvo,
obrigada. para ti também..
teu conto está o máximo!
beijos.

Ingrid disse...

amigo Sotnas,
me alegra sempre tua visita..
obrigada.
beijos.

Ingrid disse...

é isso Betha,
sabes que escrevi estas linhas e depois me dei conta que fui influenciada pelo filme da bruna surfistinha que acabei vendo por acaso, pois o que queria estava lotado.. filme triste..
beijos amada.

Ingrid disse...

Letícia querida amiga,
o amor é sempre cheio de muitas surpresas..
beijos.

Ingrid disse...

Van,
certíssima..
tempestades e bonanças..
eis o segredo..
beijos..

Ingrid disse...

querida ,tua casa decorada está me encantando..
obrigada por estares aqui..
beijos.

Ingrid disse...

Juci,
triste eu diria..
beijos amada..

Ingrid disse...

Cristal,
obrigada querida!
beijos perfumados

Ingrid disse...

querido amigo AL,
paixão e pecado..
delícias do amor..
beijos sempre.

Ingrid disse...

Vozes,
tua presença me faz feliz...
beijo.

Ingrid disse...

Shirley,
que voce seja muito feliz!
beijos amiga.

Ingrid disse...

Obrigada pela visita "Cintilante "..
beijos..

Ingrid disse...

Reiffer,
são o sentir intenso..
obrigada.
beijos..

Ingrid disse...

disse tudo Andressa..
ilusão..
beijos e obrigada pela visita..

chica disse...

"descobrir cacos de nunca
em fendas de aurora inconfessa..."

Isso é maravilha de inspiração! Parabéns!beijos,chica

Ingrid disse...

Linda Chica,
são pedaços de esperanças que se desfazem numa aurora indesejada..
beijos querida..

Fabio Fraga disse...

oi bom dia gostaria de dizer que seu blog é fantástico parabéns, estou te seguindo se quiser pode me seguir caso goste do meu blog bjs...

http://lamoremiopersempre.blogspot.com/

Vinicius.C disse...

E precisa comentar?

Não sei como se finda realmente a paixão, se cacos vivem as frestas como a machucar por descuido torna-me mais fragel que pensei ser!

Muito bom meu amor!!

Nos encontramos no Alma.

Vinicius.

Sandra disse...

Minha querida
Amar com essa intensidade não pode ser pecado...
Beijo

Alicia disse...

uau, pesado.

Poeta del Cielo disse...

Ingrid amiga que bela poesia.,,,,belas letras sentimentos a flor da pele.. belas de leer belas de sentir... parabens amiga

saludos
otima semana
abracos

LuH disse...

Amar, amar...

Sobe e desce, intenso vai e vêm de emoções...

Ritmos da vida. Vivos!

Bjaumm

Jorge Pimenta disse...

os primeiros traços da paixão escrevem-se com a tinta da ilusão. porque a utopia é o paliativo de todos os homens, raramente a paixão não aponta à decepção. o pecado? apenas não ser capaz de tornar eterno o que o merece.
um beijinho, querida amiga!

Erica Gaião disse...

Ingrid, querida!

Lindo esse poema de paixão que alucina. Belo, belíssimo!

Bjs

Sonhos De Deus disse...

LINDA POESIA,MUITO LINDA MESMO, minha FLOR DO DIA,passando pr ti desejar um lindo final de semana,e que você mantenha o foco no futuro,não perca a coragem,confia em Deus e tera uma grande recompensa,BJKS!!!

Sonhadora disse...

Minha querida

Desculpe adentrar assim...mas passei e gostei de tudo o que li e tomei a liberdade de seguir para voltar outras vezes.

Deixo um beijinho
Sonhadora

Vinicius.C disse...

Oi Ingrid!!

Venho desejar um exelente fds divirta-se!!

Tem poema novo no Alma. te espero lá!!

Beijo meu amor!

Vinicius.

ONG ALERTA disse...

Lindo o deserto é a nudez da terra, beijo Lisette.

Jefhcardoso disse...

Oi, Ingrid! Prazer estar aqui. Achei lindo e revelador o seu “Cacos de Pecado”. É possível sentir a sua viajem e a sua volúpia em cada verso. Lindo isso! Parabéns!

Convido para que leia e comente no http://jefhcardoso.blogspot.com/

“Para o legítimo sonhador não há sonho frustrado, mas sim sonho em curso.” (Jefhcardoso)

Zil Mar disse...

Nossa...que poesia magestosa!!!!

Fiquei impressionada.....linda demais!

bjo querida!


Zil

Rafael Castellar das Neves disse...

É, Ingrid..não sei porque sentimentos tão naturais têm de ser mantidos como ilusões em relação ao mundo real..difícil viver isso na íntegra, como brota de nossos corações...

Aproveito para lhe convidar a participar do sorteio no meu blog Desce Mais Uma!.

Bjo..