terça-feira, 1 de novembro de 2011

.alento.

Nua - óleo sobre tela de Ana Moura


No reverso da alma
no esquecimento de sorrisos
a vida passa
em corações imperfeitos..

Faminta imaginação
inerte no caminho
sou ato consumado
expiada em outros braços..

Rabiscada em tela nua
de pele única me encontro
ruidosa em dias
cheios de intermináveis calmas..

Fisgada na embriaguez
do gritar do corpo
a sobra dos desejos
goteja sobre meus sonhos..

E alheia a tudo
busco alento em teu olhar
faminto e imperfeito
em apenas um momento..

Ing

22 comentários:

Sabryna Gonçalves disse...

Simplesmente lindo e profundo, se tem uma coisa que clama minha atenção, é quando se trata de uma obra artística.
Beijos
Visite-me:http://sabryna-liberdade.blogspot.com/

Sotnas disse...

Olá poetisa Ingrid, que tudo esteja bem contigo!

E neste único momento de alento, pode comportar intermináveis momentos felizes, pois assim nos sentimos ao perceber o brilho no olhar de quem nos nossos olhos olham!
Sempre com escritos repletos de sensibilidade e claro, enorme expressão de teus pensamentos escritos de o quão nobre são teus sentimentos, e bela imagem a encimar este poema, sempre com esmero e de mãos dadas com a perfeição as tuas escolhas, parabéns! Como por cá continua sempre belo eu sempre que cá venho saio deveras encantado pelo perfume de tuas palavras. E assim é natural que eu deixe escrito meu desejo que você e todos ao teu redor tenham um intenso e feliz viver, grato por tuas visitas e comentários sempre gentis, além de tua amizade, grande abraço e até mais!

Vênus, Vanessa. disse...

Linda poesia.
Lindo quadro.

Jasanf disse...

Linda e profunda a forma abordada na poesia. O eu lírico festeja exuberantemente por algo extraordinário. Abraço,
Jasanf.

Artes e escritas disse...

Um poema da falta que pressente a inexatidão das coisas. Um abraço, Yayá.

Ma Ferreira disse...

Querida Ingrid..

Lindo seu poema..escrito com tua sensibilidade e coracao..

A musica completa teu poema...

Meu email: www.mdfbf.uol.com.br

Hj fico por aqui na minha casa....qualquer dia combinamos algo..
estamos tao perto....bj

LuH disse...

Fico aqui pensando, Ing, no quanto um momento, seja real ou imaginário, pode inscrever em nós tanta emoção...
E o quanto precisamos do olhar do outro, seja até para nos dizer um não ou um sim, para garantir essa nossa sobrevivência real e imaginária

Pura sensibilidade!


bjaum

✿ chica disse...

Sempre encantadores teus poemas,Ingrid!beijos,lindo feriadinho!chica

Cadinho RoCo disse...

Sua sensibilidade me acerta por inteiro.
Cadinho RoCo

Francy´s Oliva disse...

Aqui pergunto... Será que estão certas aquelas pessoas que dizem que a vida é feita de momentos? Bom não sei.
bjs

Oferta Perfumes disse...

Olá em Novembro vai ao ar o Oferta Perfumes http://www.ofertaperfumes.com.br

Queremos seu prestígio e visita lá. Um blog que fala de Perfumes merece a notícia que na primeira semana serão vendidos perfumes a R$1,00.

:)

cidinha disse...

Oi Ingrid. Belissimo menina!!!! Bjos e todo meu carinho.

Meire disse...

Minha querida Ing, e quaaaaaaaaaantas vezes um olhar, só unzinho nos é um imenso alento.
Posso te contar um segredo? Mesmo longe é um alento ter vc por perto...e seu olhar eu lembro nitidamente, sem precisar olhar em foto!!! Te amo, pessoa maravilhosa :)

bjokitas mil.

Assis Freitas disse...

quanto de ti és imperfeição tão sonora,


beijo

dade amorim disse...

Poema sonoro e musical, Ingrid.

Beijo.

Maria Luisa Adães disse...

Lindo e doce poema!

Linda e doce amizade!

Com ternura de quem sente, olha e
aprecia.

Agradeço tua presença...é um bálsamo de amor.

Mª. Luísa

Nilson Barcelli disse...

Ninguém é perfeito.
E não serão os sonhos que nos tornam mais imperfeitos...
Belíssimo poema, como sempre. Adorei as tuas palavras.
Um beijo, querida amiga Ingrid.

Luna Sanchez disse...

Coisa boa é ser consumada assim.

Consumida.

Adorei isso, moça!

Um beijo.

Maria Alice Cerqueira disse...

Querida amiga
Hoje vim deixar um abraço amigo e o meu carinho junto com meu agradecimento,
Muito obrigada de todo o coração.
Em breve voltarei.
Tenha um lindo dia!
Maria Alice

Severa Cabral(escritora) disse...

Minha linda menina !
Sei que prá vc não falta imaginação...tens o dom da escrita sempre...
bjssssssssssss

Letícia Alves disse...

O alento...

Pierre BOYER disse...

Very nice...

Pierre