sábado, 21 de maio de 2011

noturno querer.

Nocturne - óleo  - Antoine Art Studio
Eu sinto
amorosa lágrima
quente e brilhante
sem lamentações
nem instante..
Simples[mente]
limpa o amor
ignora
a noite
a dor passa ..
Como te quero
soprando a chama
distante
cansada
na cama
repousada
em vontades..
Noites escuras
letras
em nada antes
te ouvir
te beber..

Ing

23 comentários:

Pablo Rocha disse...

Sensacional, Ingrid... Sensacional!
Gostei demais!!

Aplausos!

Cristina disse...

Lindo poema Ingrid..Passa uma sinceridade, uma saudade..ai ai rss
Bjsss

Meire disse...

Um "noturno querer" é sempre tão profundo quanto esse post florzinha...bjo bem grande pra vc ;)

✿ chica disse...

Lindo esse querer noturno,Ingrid!Muito lindo! um beij,ótimo domingo,chica

Assis Freitas disse...

letras embebidas inebriantes,

beijo

Severa Cabral(escritora) disse...

O que realmente importa é a gente sair feliz mesmo soprando a chama...
Deixo meu carinho prá ti menina linda...bjs para aquecer teu final de semana.

Rô... disse...

oi Ing,

adorei a maneira como disse do querer,
leve transparente como um cristal,
uma delicia de ler,
carregadinho de amor...

muitos beijinhos

Will Lukazi disse...

Olá ! Tudo bem ?
Viemos parabenizar você e seu Blog por terem sido indicados pela VAN do Blog RETALHOS DO QUE SOU http://retalhosdoquesou.blogspot.com/ e participado da eleição do Blog da Semana ocorrido nos períodos de 14/05/11 à 21/05/11 no BLOG DO SUPER WILL http://wwwwillblog.blogspot.com/, onde o Blog ‘’A CASA DA MARIQUINHAS COM LÍRIOS E HISTÓRIA’’ hhttp://acasadamariazita.blogspot.com/ foi o mais votado.
Sabemos que a indicação e participação do teu Blog na eleição ocorrida não se deu por acaso, haja vista o ótimo conteúdo que abriga teu Blog que foi lido e analisado, desta forma nos achamos na obrigação de homenageá-lo com um selo de participação. Tal selo se encontra na página BLOG DA SEMANA no Blog do Super Will e por lá ficará por 3 dias.Gostaríamos muito que o resgatasse como prova de nosso carinho e respeito àquilo que sabemos que você fez e faz com o coração.

Parabéns !!!!

Will Lukazi

Bemsei disse...

...isso é verdadeiramenre "querer"...com alma...
Grata, amiga.

Luísa Ribas disse...

Belo. Parabéns!

1 Bj*
Luísa

AC disse...

A delicadeza das palavras na vontade de se ser plena, envolvida...
Gosto sempre, Ingrid! Muito!

Beijo :)

♥♥♥Ani♥♥♥ - Cristal disse...

Oi Ingrid,

Linda forma de querer...
Linda forma de sentir...
Linda forma de se mostrar...

Maravilhoso seu poema.

Beijos
Ani

Sandra disse...

Envolvente o teu querer!
Beijinho querida

JB disse...

O querer expresso nas emoções de uma forma pura, sem lamentações, apenas reflectido nas vontades que falamos e sentimos...

Lindo, Ingrig!

Beijinho

Dayse Sene disse...

Beber!
Delícia poder beber do suor, do prazer.
Delícia poder ouvir o amor nos chamando, mesmo ele não estando.
Por que assim, sabemos que estamos vivas, que queremos ser amadas.
Eu sempre digo, é preciso sonhar.
Bonito poder chorar...e as lágrimas deixar pingar no corpo já suado, da espera...longa espera.
Mas ele virá, e assim matará a sua sede, a sua fome desse amor fujão. Pois sei,que ele virá.
Não resistirá, um chamado delicioso assim.
lindo, lindo, lindo.
Amei seu poema amada amiga.
Parabéns.

Vozes de Minha Alma disse...

Singelo e uma obra de arte das mais puras do amoroso coração.
Um abraço, bjs.

Sandra Botelho disse...

Bom é devorar o amor, bebe-lo em taça fina em doses pequenas e saboreá-lo sem pressa...Beijos achocolatados

Will disse...

Olá, Ing.

Que delícia de versos, bom de ler com os olhos, encantar-se com o coração, sentir com o corpo.

Adorei!

Abç com carinho e uma ótima semana!

ARTESÃ DAS LETRAS disse...

Ingrid!
Me envolvi em teus versos, lindos, embriagantes, cheios de amor!
Um ótimo início de semana!
BJSSSSSS!

ॐ Shirley ॐ disse...

É sempre muito bom ler os seus poemas, Ingrid. Muita paz prá voce!

Alicia disse...

Mais que um poema...imagem linda.

Ju Fuzetto disse...

Caramba, tua poesia é Sensacional!

Tens magia e delicadeza.


Parabéns. beijo

A.S. disse...

Em tuas palavras navego, nelas me perco, nelas naufrago, nelas me afundo... com prazer!...


Beijos!
AL