sexta-feira, 10 de junho de 2011

lágrima.

                                                                                                                   Internet

Eu sou o que vês
sou o que sou..

Pequena lágrima
que talvez pudesse
escorrer de encontro a tua pele..
Tão frágil que sem querer
vai viver tão grande dor..

Me leva junto neste eterno perder
e perguntar sem saber o que..
O que não vês porque não sentes
o que não me deixas viver
por não me deixas sentir..

Te deixo levar em minha loucura
me vejo chorar em teus devaneios
sou carregada em meu cansaço
por tuas mãos frescas de outono..

Preparar pra todo sempre
uma noturna e breve delícia
onde só o desejo guia
e não sou mais apenas sonho..

Ing


17 comentários:

Meire disse...

Ingrid, minha flor, pareces triste ou é impressão minha??
lindo post, bjokitas com carinho!
;)

♥♥♥Ani♥♥♥ - Cristal disse...

Oi querida Ingrid,

Amei o post, principalmente a frase "não sou mais apenas sonho..."

Tocou meu coração essa frase...

Que você tenha um lindo final de semana e que o amor esteja sempre presente em sua vida...

Doces Beijos
Ani

Obs. Adorei você ter colocado o link do meu blog aqui do ladinho viu... Obrigada.

Meire disse...

Voltei florzinha...olha num é meu, mas é de mim pra vc: "Que teu sol interior seja perene.
Que o amor te mantenha aquecida. Que teu jardim do coração esteja sempre florido.
Que Deus esteja ao teu lado e retire todas as pedras que estejam no teu caminho.
Que a paz encha teus dias de alegria!"
Um abraço bem apertado pra ti ;)

Nanda Assis disse...

muito lindo!!

bjos...

Camilledistler;* disse...

lindo, tuudo lindo aqui, que bom que goste do meu blog, beeijos flor *-*

Severa Cabral(escritora) disse...

Senti tudo tão oco...ou estou enganada...mas o outono está se indo para dar lugar as folhas verdes e brilhantes...e novos amores irão nascer.Bjs para aquecer teu blog!

LuH disse...

Ingrid,

E não sejas mesmo apneas um sonho!

Bjaum

retrato disse...

quando as palavras são perfume que encanta e contagia. a sua suavidade na entrega dedicada, e tão desejada, dando rosto a um amor que vive intensamente... pena que não correspondido, não é justo.
não dês cor à tua dor, pensa que pode haver alguém, "escondido", que entrega o seu amor a ler o teu... com o mesmo calor.

bj

Célia Gil, narciso silvestre disse...

Uma lágrima à procura da realização amorosa! Maravilhoso! Bjs

Zélia Guardiano disse...

Olá, Ingrid!
Que lindeza o seu poema!
Palavras escritas com a alma, vê-se...
Palavras-sementes semeadas, brotando em lágrimas...
Um encanto!
Abraço da
Zélia

Arnoldo Pimentel disse...

Muito lindo seu poema, parabéns. Hoje estou também no blog do gambiarra, se puder visite e siga nosso espaço,link abaixo.Beijos

http://gambiarraprofana.blogspot.com/2011/06/meu-algoz-arnoldo-pimentel.html

ॐ Shirley ॐ disse...

Respirar fundo, elevar os pensamentos, é preciso nessa hora. Beijos, menina!

Will disse...

Um dia achei que as lágrimas das flores fossem tão somente o orvalho que lhes visitou e deixou sua marca.

Quando cresci, aprendi que, na verdade, é a seiva mais pura que brota de dentro do seu ser.

Dayse Sene disse...

Que essa pequena lágrima, se faça grande, imensa, quando em contato com a pele do amor. Que ela saiba percorrer caminhos, que te leve a felicidade, e que em vez de dor, dê emoções.
Emoções de felicidade.
Que essa pequena lágrima, seja apenas de emoção, por estar feliz perto do seu amor.
Linda noite.
Beijos.

Assis Freitas disse...

lágrima é fino fio frágil de amor,


beijo

GUEVARESIAS disse...

esa lagrima en encuentro con otra lagrima igual de temerosa al amor, "conjuncion perfecta" para fortalecerse mutuamente....

espacios esperantes de ocuparse.
vida temerosa de empezar a vivir.
y decision no tomada pero deceada.
coincidencia destinada a ser.

TQMI....

Letícia disse...

É tão bom ser vida.
Sem lágrimas,
Sem dores.
Mas sei que é algo impossível.
beijo!