sábado, 18 de junho de 2011

nada .

                                                                        Internet


Sentindo tuas mãos quero ir sempre mais longe
perceber que o desejo nunca sabe onde parar..

Colar minha pele na tua sentindo o calor de cada toque
querendo que nada mude e que a eternidade seja alí..

Me faça esquecer a pálida virtude que me segue
em névoa silenciosa de abandono..

Termine com a espera por tanta vida
pelo grito que solta a alma sem rumo..

Me acorde de um sonho impossível
de anseios que nunca sentirei..

E me ensina mais uma vez a viver
sem o que me faz feliz e completa..

Ing

34 comentários:

ॐ Shirley ॐ disse...

As vezes precisamos usar a imaginação e fazer de conta que nossos sonhos são reais. Um beijo, querida Ingrid!

Meire disse...

Ingrid, minha querida, espero que esteja bem, vc sumiu!!! Estava com saudadeeeee :)
espero que esteja tudo muito bem contigo.
Lindo post viu?!!
bjokitas com imenso carinho
;)

R.B.Côvo disse...

Lindo, Ingrid!

GUEVARESIAS disse...

definitivamente te leo con temor a esclavisarme, eres tan intensa y fuerte.... TQMI. bjs

Jorge Pimenta disse...

querida ingrid,
o apelo do amor faz-se com as palavras da pele em tons de suor e desejo. mesmo sem gramática, o grito conjuga-se no imperativo.
beijinho já com saudades de te ler!

Assis Freitas disse...

nada e tudo, contradição aparente que se faz nos encontros e desencontros da vida,


beijo

Dani Gomes disse...

Olá Ingrid,

Percebo que estamos na mesma busca. A diferença são as palavras: As suas muito mais apaixonantes e apaixonadas!

Grande beijo para ti,

http://omundoparachamardemeu.blogspot.com/

Rô... disse...

oi Ing,
saudades,


vir aqui nesses quatro meses,
é ser mais feliz,
mais humana,
e mais Rô,
é me deliciar com suas palavras,
e ter vontade de voltar rapidinho,

obrigada pelos
quatro meses
do Somente amor...

beijinhos

Lena disse...

Ingrid,
Sua sumida, estava com muita saudades!!! Que lindo o post: texto, imagem, música.Completo!Te gosoto muito!
Beijokas com super carinho!

http://alemdasnuvens2011.blogspot.com
http://amadeirado.blogspot.com

Nielson Alves disse...

LINDO!

Bela disse...

Palavras intensas! Não haveria outra definição para seu poema: intenso! Uma das piores sensações que há é a de se sentir abandonada e incompleta e você retrata com maestria o não querer ficar só, o anseio pelo outro e pela felicidade.
Beijos!
Bela.

Rosi Alves... disse...

Nossa profundo lindo sensível e mais e mais amei.beijos flor amo seus poemas que deus te de inspiração mais e mais para alegrar nossos olhos e alma.

J Araújo disse...

Grande poetisa! Parabéns pelo blog, muito bonito.

Bj

cidinha disse...

Olá, Igrind!Lindo poema. È uma viagem,um lindo sonho de amor. Tudo tão leve, tão suave.Seu blog é lindo. Obrigada pelo seu oferecimento carinhoso da paz e da flor.Muita paz também para vc e com carinho bjs....

aldrey disse...

Linda poesia!!Sempre muito roman tico...bjs querida

Borboleteando disse...

Lindo, Flor!!
Beijos de luz, ótimo restinho de domingo... Que sua semana seja maravilhosa...

Antônio Lídio Gomes disse...

Ingrid, é assim que o poeta diz pra sua alma.
Me ensina a viver mais uma vez sem o que me faz feliz...
Um fraterno abraço, é sempre bom ler-te.

Casa Decorada disse...

E me ensina mais uma vez a viver
sem o que me faz feliz e completa..
Meu Deus, Ingrid quanta sensibilidade ao escrever essa frase....quando aprender promete me ensinar?
Abraço amiga e uma semana iluminada a você!
Valeria

Sotnas disse...

Olá Ingrid, que tudo esteja bem contigo!
Sonhar ter tudo sem nada ter é bom, melhor ainda e despertar no sonho, e viver o sonho acordada, e mergulhar nos sentimentos sonhados, e somente porque o tempo não para, e a vida continua!
Sempre com sentimentos de verdadeira expressividade estes teus belos escritos por aqui postados!
A imagem também é de sábia escolha, como sempre tudo de muito bom gosto neste belo espaço!
Deixando-me deveras contente e agradecido por tuas sempre tão significativas visitas e comentários eu desejo a você e todos ao redor intensa felicidade, abraços e até mais!

Lena disse...

Ingrid,
Como esse blog sempre me inspira deixo um selo pra você lá nos "Selos & Cia " do Amadeirado.
Bjkas e uma linda semana!

Severa Cabral(escritora) disse...

Vc sabe que sou sua fã de carteirinha...por tantas coisas que vivenciamos...tantas poesias e poemas que já lemos nessa reciprocidade sem medirmos nossas distancias...vc sempre gentil comigo...e eu toda boba fico quando passas por lá,rsrsrs,amiga fiel meu abraço...NADA...nós temos tudo...
Bjsssssssssss

retrato disse...

Ingrid,

nunca deixes de sonhar.
sonhar é uma realidade omitida que vive em nós e a qual não podemos perder. ela faz-nos sentir de tal forma, que ou acordamos pedindo que desapareça ou, por outro lado, depressa cerramos os olhos para permanecermos com ela.

senti um vazio!
bjo

Zil Mar disse...

que linda sua poesia....

"...me ensina mais uma vez a viver
sem o que me faz feliz..."

lindo demais.....

tem um selo pra vc querida no páginas de lembranças...

linda semana!

meu carinho...

Zil

Erico disse...

Olá...

Reaprender a viver sem o que nos da felicidade... Como acordar de um sonho bom para uma cruel realidade!!

Beijos :)

Cristina disse...

Selinho para vc no Destino
Bjs linda

Raquel Costa disse...

Profundo !

A paz do Sr.

www.virtuosissima.blogspot.com

Will disse...

Strep-tease de desejo. Acho isso tão bonito, um despir-se pelas mãos do outro, mas não somente a roupa, mas a pele.
Doce amanhecer!

Maria Luisa Adães disse...

Viver e ser feliz por instantes breves...isso a vida nos dá!

"Me acorde de um sonho impossível
de anseios que nunca sentirei...

E me ensine mais uma vez a viver
sem o que me faz feliz e completa"

Aprende a viver sem nada ter,mas
mas nunca te sentes completa... Isso eu sei, mas podes sempre pedir!


Lindo, suave e terno o teu poema,
tal como tu és!

Maria Luísa

Thanks for stamps. You are a good friend!

Valter Montani disse...

Ingrid


Essa música de fundo ao piano está maravilhosa, parabéns pela escolha.
O texto igualmente lindo! bjs

Sandra disse...

Ah, o querer bruto e feroz que não sabe onde termina...
Lindo. Beijinhos

♥♥♥Ani♥♥♥ - Cristal disse...

Bom dia querida Ingrid,

Que bom poder ler você logo pela manhã...
E que poesia mais linda, apaixonada....

Adorei e adoro tudo que você escreve... Sou sua fã incondicional e espero que você saiba...rs

Beijos e já levei o selinho e adorei viu.
Ani

Rafael Castellar das Neves disse...

Essa completude é algo sensacional, não é? O melhor dos sentimentos!!

Muito bom o texto, Ingrid!

Beijos

Cadinho RoCo disse...

Depoimento dulcíssimo.
Cadinho RoCo

Letícia disse...

E onde está o ser feliz?
Beijos!