sexta-feira, 24 de setembro de 2010

vem.



Hoje não tenho palavras!..
corro nas veias
corro na areia..

Quero vontades e garras!..
gritar um grito de dentro,
misturar alegria e desejo..
e sentir -me sem amarras!..

Hoje não tenho querer!..
não tenho pele
não tenho poros..

Venha e me arraste,
me arranhe na areia..
me deixe o desejo
queimando nas veias!..

Ing

2 comentários:

Assis Freitas disse...

caliente chamado,


beijo

Fátima disse...

Uii..rs
Sensualidade em medida certa, ficou lindo.

Beijos meu