domingo, 21 de agosto de 2011

para uma melodia noturna.


Ardor - Andrew Artroshenko

E o arrepio toma conta
o tempo já não existe
no semicerrar dos olhos..
O pensamento que preenche
a imagem que dá vida
na vontade preenchida..
Alguns dias.. horas..
imaginação aguçada
no levantar da cortina ..

Remendar a ferida
sem luta perdida
na paixão urgente..
Sem falsidade senti
o que vem de ti
e a serenidade levaste
me fazendo síntese..

Ing


36 comentários:

Francy´s Oliva disse...

Remendar as feridas muitas vezes é tão difícil, e parece que não cicatriza nunca.
belo melodia.
bjs

Assis Freitas disse...

tese, antítese: síntese


beijo

cidinha disse...

Olá, amiga. Estou sempre encantada com seus poemas, lindos versos. É inevitável, pois quase sempre estamos a remendar feridas.Assim o tempo vai se passando.. Bjos perfumados para vc!

✿ chica disse...

Linda poesia, bem inspirada!!!beijos,linda semana,chica

Rô... disse...

oi Ing,

no levantar da cortina,
sempre encontramos gratas surpresas,
que nos adoçam o dia,
e acariciam as lembranças...

beijinhos

Lindalva disse...

Olá minha doce amiga passei para te desejar muita iluminação nesta semana que se inicia. Muitos sorrisos. Beijos no coração!

Cristiane disse...

LIndo como sempre...e sempre falando dessa saudade que nos consome!Bjks de Luz.

Sil disse...

É um esforço da alma... Remendar as feridas... Que lindo flor!!
Passando também para desejar um colorido, iluminado e perfumado começo de semana pra ti,
Bjss

Will disse...

Ing,
Teus versos são gotas do que só pode ser expressos por um coração transbordante.
Adoro-os.
Semana florida para você!

Maria disse...

Por vezes remendamos feridas mas elas continuam a doer durante muito tempo. Como sempre um poema maravilhoso.
Beijinhos
MAria

Andre Martin disse...

A ferida existe
porque a carne sente.
Aferida é a mente
porque insiste.

O levante leva e releva.
Um arrepio sem pio.

Aguçada, adoçada,
melodia noturna
de urna mela o dia.

Imagem tem horas?
E má gente, senhoras?

Imaginação:
imã, agi na ação.

Sim, tese: síntese!

Dre

Eliz. disse...

obrigada , gosto muito

O Profeta disse...

Um barco parado no cais de espera
Amarras soltas do frio ferro
Uma gaivota adormeceu sem penas
Uma criança chora no meio do aterro

Cheio de penas amarro a alma
Uma saudade arrocha meu peito
Sou um caçador de nuvens breves
Um romântico sem ponta de jeito

Um barco de papel perdido do norte
Roseira plantada num campo de pedras nuas
Uma casa perdida da sua cidade
Um labirinto feito de mil e muitas ruas


Doce beijo

Borboleteando disse...

Maravilhoso!
Dizem que o tempo resolve tudo, cura todas as feridas, ms na verdade elas apenas adormecem assim como acontece com os vulcões, podem passar milhares de anos adormecidos, mas continuam lá...
Beijos, uma linda semana para ti

Rosi Alves... disse...

Poetisa como sempre linda de viver suas poesias
Espero vir com mais freqüência ando com uns problemas
Mais quando chego aqui me sinto acarinhada pelas poesias
Que são cheias de magia encanto...Enfim tudo de bom!
Beijos semana de paz e amor...

Rosi Alves... disse...

Remendar a ferida
sem luta perdida
na paixão urgente..
Sem falsidade senti
o que vem de ti
e a serenidade levaste
me fazendo síntese.

Ameiiiiiiiii

Lua Nova disse...

"Para esquecer é preciso deixar correr o coração, de lembrança em lembrança, na esperança de ele se cansar."
Miguel Esteves Cardoso

É melhor falar do amor que se foi até cansar. Lembrar de cada bom momento até que, cansado, o coração se acalme e descanse.
Uma semana cheia de surpresas gostosas pra vc.
Beijokas.

ॐ Shirley ॐ disse...

Seus poemas nos transportam até as núvens, querida Ingrid. Muita paz pra voce!

Maria Alice Cerqueira disse...

Boa tarde amiga,
Obrigada de coração pela linda presença lá no meu cantinho!
Lindo e profundo poema!
Só o Verdadeiro amor pode curar as feridas!
Quando encontramos este Amor, toda a ferida de transforma e pétalas de flor!
Mas enquanto Ele não chega ou nós o reentrarmos manter a esperança de um dia todo passará, menos o Amor!
Abraço Amigo!
Maria Alice

Célia Gil, narciso silvestre disse...

Adorei, especialmente a última estrofe! Bjs

Mery disse...

Olá, sou sua nova seguidora, adorei esse cantinho, teus poemas são lindos.Li alguns e amei.
Virei sempre aqui, beijos da Mery.
Visite-me!

。♥ Smareis ♥。 disse...

As vezes remendar uma ferida fica mais dolorido ainda.Só o Verdadeiro amor pode curar essas cicatrizes.Desejo um ótimo começo de semana cheio de coisas maravilhosa pra você. Um Abraço e muito beijim!
Smareis

Cely disse...

Oi, querida, por que não vejo seu rosto entre os meus seguidores, houve algum erro.Boa noite!Beijos.

Mery disse...

Oi, querida, li teu comentário lá no meu cantinho, obrigada, só não consigo ver seu rosto entre os meus seguidores, houve algum problema...
Boa noite, beijos.

Bemsei disse...

Belo e sentido poema...linda também a imagem. Bj grande.

Maria Marluce disse...

Remendar uma ferida, creio que só a palavra mágica do poema consegue. Beijos.

Jorge Pimenta disse...

magnífico, querida ingrid.
um abraço para que o tempo volte a tiquetaquear sob as veias.
beijinho!

Maria Luisa Adães disse...

Sempre doce e suave...

"E o arrepio toma conta
O tempo já não existe
Na vontade preenchida"...


Com ternura, amei,

Maria luísa

Moita disse...

Ouvido muito aguçado;
olhar atento e sem travas.
Precisa muito cuidado;
é pra ler e gritar: bravas!
É o que faço e que sinto,
visitando esse recinto
dos perfumes e palavras.

Brota sensibilidade.
Romantismo vai aos cumes.
São versos muito bem feitos
que chego a ficar com ciúmes
do Perfumes e Palavras
que não vem das minhas lavras
as palavras e os perfumes.

(brincadeirinha, Ingrid)

1 cheiro

Cleber D. Gräuth disse...

"..remendar a ferida
sem luta perdida.."

É vital aprender isso,quando estamos apixonados..

Gostei muito!!
Abs

David C. disse...

Sólo el amor nos hace sentir tantas emociones.

Hilda disse...

Ola!navegando pelo barquinho da Marly chegeui até aqui,uma viagem fantástica!adorei tudo e peçp-lhe a sua visitinha ao meu cantinho,bjinhos miiil adore e deixo meu link p q possas tbm seguir-me assim como outros miguxos,um abraço espero com carinho,bjos Hilda
http://foreverhilda.blogspot.com

José Sousa disse...

Vim ler mais um lindo poema da minha linda Ingrid! Adorei.

Um beijo bem grande em teu coração.

Marly B Ribeiro disse...

Oi querida!!!!
Passei para dizer oi e desejar uma semana de muita Paz!!!
Com carinho...
Marly

Severa Cabral(escritora) disse...

Quando despertei era sonho...
Cada vez vc escreve com vigor usando o génio poético...bjs

Lena disse...

Ingrid
Quando leio suas poesias, tenho a sensação enorme que você as sente de uma forma ultra real, não sei porque e se isso é assim com todos os que escrevem poesias. Amei a imagem, simplesmente fantástica. Bjkas com carinho!