sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

e onde te busco.


Internet

Me diga onde busquei tua luz
onde perdi tuas palavras
onde esqueci teu cheiro

Me mostra em que curva
em que onda do mar
desviei meu caminho

Te ouvi palavras de eternidade
te senti dores de lembranças
te fartei de carnes em brasa

Me diga o que fazer com o silencio
me mostra onde esconder o caminho
me ouve na espera dos passos..

Ing

26 comentários:

LuH disse...

Em que curva desviei meu caminho...
Quem nuca se perguntou isso?

Carnes em brasa foi forte!
Acho que é preferível sentir o pulsar do nada sentir...
Desalinhar do que enrigecer...
Viver do que apenas existir...

Bjo gde

Ingrid disse...

beijos querida Luh..
o amor arde por vezes.. como brasa!

Daniele Barizon disse...

"Me diga o que fazer com o silencio
me mostra onde esconder o caminho
me ouve na espera dos passos.."

Amar é sempre lindo!! Parabéns!! Te sigo!

Abs,

Shirley disse...

Ingrid, lindo demais... Menina!!!Profundo nas entrelinhas. Beijos!

Karlinha Ferreira disse...

Vivenciar o amor é compartilhar instantes de eternidade... sua ausêcia vem na mesma proporção nos conceder momentos de eterna solidão. Falta e vazio.Coisa boa é amar!

Beijo e um excelente fim de semana!

Fulvio Ribeiro disse...

Ingrid...olá...
venho lhe convidar para, comemorar comigo durante esse mês o aniversário de 2 anos do Blog "Reflexões"...
Sua presença para mim será motivo honra, e alegria....!!!
Te aguardo por lá...
Grande Abraço...

Assis Freitas disse...

a busca começa no agora, no já, neste instante


beijo

El Brujo disse...

Fale-me deles, de todos os caminhos féteis!

Poeta del Cielo disse...

lindo demais ese clamor ese chamado... donde y agora... palavras que brotan da alma do coracao... bello poema ingrid amiga

saludos
abracos
linda semana

José Sousa disse...

Olá Ingrid!
Gostei imenso de mais uma forma de exprimir a sua ancia de amar.

Beijão querida

Merlaine Garcês disse...

Buscamos sempre respostas infinitas!
Bjs!

Ingrid disse...

Daniele,
obrigada pela visita e carinho..
beijos.

Ingrid disse...

Querida amiga Shirley,
tua visita é sempre alegria.
beijinho.

Ingrid disse...

Karlinha,
a ausencia de quem nos é precioso nos leva a dor..
beijo e cariho.

Ingrid disse...

Fulvio,
obrigada pelo carinho!
Vou lá sim..
grande abraço

Ingrid disse...

Assis querido poeta,
e não estamos sempre na busca?...
beijo

Ingrid disse...

Grande Brujo,
conheces todos os caminhos..
beijo e bom sábado.

Ingrid disse...

Poeta querido,
e nossos versos vem da alma..
grande beijo e bom final de semana

Ingrid disse...

José amigo querido,
tão bom te ver por aqui..
beijos.

Ingrid disse...

É Merleine,
certíssima!.. e olhhe qu sou simples em minhas perguntas ... rs..
bbeijinhos querida.

Jorge Pimenta disse...

querida amiga, há perguntas para as quais a resposta respeira no interior de cada um de nós. são essas as que, normalmente, não procuramos mas que nos procuram a nós.
beijinho com imenso carinho!

Ingrid disse...

Jorge querido poeta,
e por vezes são elas quem nos surpreendem..
beijos

El Brujo disse...

Então chamo-te lua e uivo!

Ingrid disse...

um uivar longo... que se ouve ao longe...

ONG ALERTA disse...

O amor é fonte de vida...beijo Lisette.

Ingrid disse...

Lisette,
obrigada pela visita e carinho..
beijo.