quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

me canta a alma.


Os sonhos são voláteis
a vida acompanha ..
Ainda perdida
e sem saber
se há o que seguir
quero viver
não recordar..
é o relampago
que clareia
e transparente faz
a alma..
retumbam surdos
no batente coração
trovões
em turbilhão..
se me encontrares
por favor..
me leva contigo
e preenche
a luz que
esvaziou a alma..

Ing

22 comentários:

Tempestade disse...

Perder-se é reencontrar-se....


Beijos!

Mr.Orange disse...

AS lembranças, os cheiros e os sabores são como raios que iluminam nossas vidas em dias de chuvas torrenciais. Adorei a disposição dos versos!
Ótimo texto e ótimo blog!
Quando tiver um tempinho, dê uma passada no “Que letra é”, seu comentário seria uma honra.
Abraços!
Adriano MB.

Shirley disse...

Adorável solidão que nos faz gestar poemas...Um beijo, querida Ingrid!

Colecionadora de Silêncios disse...

Magnífico, querida!

Três instantes de lavar a alma da gente e encher o coração de amor e alegria. :)

Beijos

Chica disse...

Logo a luz vai iluminar teu coração.Lindo,Ingrid.beijos,chica

Zil Mar disse...

" Perder-se também é caminho..."C.Lispector

Lindo demais seu poema!

bjo!


Zil

Mah disse...

Perder- se às vezes é necessário!

=D

Beijão!
http://olhosdeumagarota.blogspot.com/

Ingrid disse...

tempestade,
e tudo vale ..
beijos

Ingrid disse...

Adriano,
obrigada pelo carinho..
já te sigo sim..
beijos

Ingrid disse...

Shirley,
sabes que não seria bem a solidão..
talvez outro nome..
beijos querida!

Ingrid disse...

Colecionadora de silencios,
momentos únicos..
beijos.

Ingrid disse...

Chica colorida e linda,
não tenho dúvidas..
beijo.

Ingrid disse...

Zil,
para nos reencontrarmos por vezes..
beijos de carinho.

Ingrid disse...

Mah,
obrigada pela visita ..
já vou lá te ver..
beijinho.

disse...

Lindo texto,delicado e gostoso de ler.
Muito obrigada por seguir meu blog,minha linda e fico grata pelo comentário!!
Beijos,fica com Deus.

Assis Freitas disse...

sede de farol,

beijo

Sotnas disse...

Olá Ingrid minha cara, desejo que tudo esteja bem contigo, sempre!
Não tema minha cara, achando-se perdida, não feche os olhos na tempestade, os relâmpagos servirão para iluminar-te o caminho, que seguirá onde ouvir ribombar os trovões! É isso Ingrid, a nossa vida é feita das histórias de perder-se e encontrar-se!
Seu cantinho é deveras agradabilíssimo, e nos faz tão bem!
Quero que receba meu enfatizado agradecimento, pelas suas sempre carinhosas e gentis visitas e comentários. Obrigado mesmo! E desejo a você e todos ao redor iluminada e feliz existência sempre, grande abraço e até mais!

Jorge Pimenta disse...

querida amiga,
algures entre os sonhos e os relâmpagos se inscreve o encontro. e viver não mais será recordar.
beijinho!

emmimumsonhoazul disse...

______________________________________

Gostei! Gostei muito do seu poema...


Beijos de luz e o meu carinho!!!

_____________________________________________

Ingrid disse...

Sotnas amigo,
agradeço teus votos e feliz com tua visita..
beijos.

Ingrid disse...

Jorge,
viver ,sonhar, recordar..
sempre vale a pena..
beijo carinhoso meu querido..

Ingrid disse...

querida! que bom te ver de volta..
saudades..
beijinhos.