quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

pele.

                                                                                                  Internet
Vivo momentos de pensar..
insisto em que me vou
em que me levo
leve ..
me sinto em tua direção
carregando temporais
sentindo vendavais
revoando sentidos
os cabelos
e me agarrando
a tua pele..
quanta vida
por viver
por querer
a te entregar!...

Ing

12 comentários:

A.S. disse...

Ingrid,

Dentro do teu peito, repousam ainda todos os desejos, todas as fantasias, todas as aventuras!

Beijos...
AL

Arnoldo Pimentel disse...

Há momentos que ficamos assim, a pensar.Lindo Poema, parabéns.Beijos.

Valquíria Oliveira Calado disse...

Olá minha amiga princesa, como estais, saudades tuas, ando em falta contigo... tantas coisas, na verdade não tenho comentado por tempo... mas vim deixar um abração.

Quantos desejos por realizar, vejo... assim seja!
bom resto de semana. xero.

Shirley disse...

Ingrid, um rio de sentimentos...um turbilhão de emoções esconde esse poema. Beijos!

Ingrid disse...

AL querido,
e são tantos...
beijos.

Ingrid disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ingrid disse...

Arnoldo,
as vezes me pego pensando por demais... mas, faz parte!.. ;-)
beijo.

Ingrid disse...

Querida Valquiria,
sei que estás sempre por perto..
beijo grande..

Ingrid disse...

Shirley,
por vezes são tantos..
beijinhos.

Pamella Medeiros disse...

Que saudades, Ingrid. Como você está?
Que tenha um dia doce (:

Beijo

Ingrid disse...

Olá querida,
muito bem e amando teu blog.
beijinho.

Karlinha Ferreira disse...

Adorooo...

Bom seria se a espera acabasse e pudessemos de fato no estregar a alguém que acredite q reciprocidade é tudo.

Beijo