domingo, 16 de janeiro de 2011

plenitude.


engraving by Mikio Watanabe  - Internet
 Por vezes me perco
e perdida procuro..
vejo tuas mãos
vontade carnal
do teu toque..
viajo em margens
de rios cheios
transbordantes
caminhos
de estrelas
de sombras
pele vibrante
que te procura
anseia..

Ing

30 comentários:

Poeta del Cielo disse...

lindo sentir de tus letras ... armonia pura el procurar o amor que se une en alma pele e corpo ..

belo
saludos
otima semana
abracos

AC disse...

Ingrid,
Tem uma forma muito própria de dizer e sentir as coisas. É tão gratificante ler a sua poesia!

Beijo :)

Shirley disse...

Como ninguém, Ingrid, voce sabe descrever o amor, a paixão...Muita luz, querida!

Assis Freitas disse...

sensação inteira,

beijo

Ingrid disse...

Poeta,
visitas sempre carinhosas..
beijo e boa semana..

Ingrid disse...

AC,
bom sentir, bom compartilhar..bom te ver por aqui..
beijos

Ingrid disse...

Shirley,
beijos amiga querida.

Ingrid disse...

Certeiro Assis,
beijo.

Sueli disse...

Essa necessidade, quando chega... ai, ai, ai. Se não é atendida, judia demais, né não? Abração!

El Brujo disse...

Assim fará com que esse rio transborde!

Vanessa Souza Moraes disse...

Perder-se é caminho.

http://vemcaluisa.blogspot.com

Folhetim Cultural disse...

Olá bom dia acompanhe o futebol portuguêm e o brasileiro e também noticiário cultural no meu blog Folhetim Cultural

informativofolhetimcultural.blogspot.com

Magno Oliveira
Folhetim Cultural

Nilson Barcelli disse...

Ingrid, gostei da sensualidade das tuas palavras.
E o poema ficou belíssimo.
Querida amiga, boa semana.
Um beijo.

Zélia Guardiano disse...

Puro encantamento, Ingid!
Puro encantamento...
E ainda, essa música maravilhosa ao fundo...
Demais, querida!
Grande abraço da
Zélia

Insana disse...

Vivo a me perder..

bjs
Insana

A.S. disse...

Ingrid,

Há um desejo oculto nas palavras do poema! Deixa que ele seja tocado por um raio de sol! Sentirás o brilho de uma constelação de estrelas...

Beijos!
AL

Non je ne regrette rien: Ediney Santana disse...

estar perdido fazendo do outro luz para poder se encontar, pode ser bom ou pode ser amargo

Jorge Pimenta disse...

é tão bom perdermo-nos, ingrid. só assim nos podemos vir a reencontrar.
beijinho, amiga!

Ingrid disse...

Sueli,
quebom te ter aqui.. tens todas a razão..
beijos.

Ingrid disse...

Brujo,
e transbordar é muito bom...
beijos.

Ingrid disse...

Vanessa,
é caminho em vida que vibra também..
Beijo.

Ingrid disse...

Magno,
obrigada pela visita..
vou lá dar uma olhada..
Abraço.

Ingrid disse...

Querido Nilson,
carinhos teus..
beijo.

Ingrid disse...

Zélia,
sentimentos e meu viver..
beijo..

Ingrid disse...

Insana ,
acho que eu também e em minhas palavras..
beijinhos..

Ingrid disse...

AL querido,
e quantas estrelas seriam..
tanto brilho!
beijos..

Ingrid disse...

Ediney,
ser luz e fazer brihar plenamente..
em dois..
beijos..

Ingrid disse...

Jorge poeta querido,
e nos perdermos e nos [re]encontrarmos em nós mesmos.. essa é a grande sensação..
beijos ..

Jorge Pimenta disse...

a perda.
a demanda.
a viagem inteira.
a garantia de nunca se saber se algum dia se há-de chegar...
beijinho!

Ingrid disse...

Jorge,
e como a viagem é gratificante..
beijo.