sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

minha taça.

Em versos canto palavras
em letras vivo caminhos
longinquos e solitários
de dentro em canto
de pele em pranto
é a ode que
sonhando
explode
e vive..
vai
e
cai
se derrama..

Ing

14 comentários:

Shirley disse...

Querida Ingrid...Lindo visual e profundo conteudo.Parabéns e beijos!

Ingrid disse...

Shirley,
carinho teu ...
beijos e bom findi.

Jorge Pimenta disse...

são gotas de cristal translúcido sobre os lábios, contornando beijos incompletos e corpos sequiosos de vento, lá, bem acima do promontório, onde as sensações são o único deus.
beijinho, querida amiga!

Chica disse...

Que coisa linda e tão inspirada,Ingrid!beijos,chica

Zil Mar disse...

Oi Ingrid....como é bom passar por aqui!

Vc escreve lindamente!

Seus posts são belos!!!

Bjos querida!

Zil

Káh Menezes. disse...

Adoro seus textos/poesias! =)
Desde pequena sou acostumada a ler poesias, meu pai faz várias, eoieoi.
Agora ele inventou que quer fazer um livro.

Se você não esta participando do Sorteio, confere lá, é novo. =)

Beijos, Káh.
www.universoblue.blogspot.com

Ingrid disse...

Jorge,
e assim seguimos querido poeta..
beijos.

Ingrid disse...

Chica,
obrigada pelo carinho..
beijinhos.

Ingrid disse...

Zil,
bom te ter aqui..
beijos.

Ingrid disse...

Que legal Kah!
e vou lá dar uma olhada sim..
beijo.

Maria Marluce disse...

Cada palavra aparece sensível e cai formando a gota do teu bem poetar. Lindo. PARABÉNS.

Ingrid disse...

Obrigada pela visita e carinho Maria..
beijos..

Assis Freitas disse...

espalhe-se, derrame-se

beijo

Ingrid disse...

Em vida Assis querido!...
beijos.