sábado, 6 de novembro de 2010

no meu caminho.


Sufocando em brilhos quentes
vejo trilhas de pedras
etéreas em sua solidez..

e me encontro em restos de mim
no avesso da minha lucidez.. 

Ing

4 comentários:

LuCordeiro: disse...

"...Me encontro em restos de mim...",menina,vc transcreveu o que ando sentindo.Será que esses restos se juntam novamente e formam um todo mais de acordo com o que fomos? Só espero que sim pq não aguento mais esses meus pedaços.
Lindo poema,querida.
bjocassss mis

Ingrid disse...

Querida Lu,
sempre se juntam e fazem-nos melhor..
beijo carinhoso..

As essências das emoções disse...

Se são pedras luzentes, quente
na loucura dum amor,
que sejam diamantes
que sejam amantes.


Beijinhos Ingred e uma semana de muito luz.

Saozita disse...

Querida Ingrid, lindo e aberto, sentido esse poema que traduz um estado de alma, no sentir do mais profundo que brota do "EU"!

Tem um bom e feliz fim de semana.

Bjs

Sãozita