domingo, 28 de novembro de 2010

embalando o medo.


                                                                     Internet

Canto ao teu som de silencio
vindo e vendo nada..
instante desarmado e inútil
que me fere e me leva
por vezes me empurra
para onde nunca fui..
me sento a beira de mim
tremendo e gemendo
querendo que não me toques..
Dormi contigo e me banhaste
de sonhos perdidos
e sem esperança
de qualquer mudança..

Ing

10 comentários:

Ivana disse...

Bom dia Ingrid,
Quando os sonhos se disfazem, um vazio toma conta da gente, mas o bom é saber que a vida se faz presente a cada amanhecer. Um domingo lindo para você!

Ingrid disse...

Querida Ivana,
viver e viver! Sempre! Com medos, dores ou incertezas..
Sempre vale a pena..
Beijinhos e bom Domingo.

Maria Luisa Adães disse...

Essa falta de esperança em alguém que te tem

me magoa a mim, também...Um beijo...

Mª. Luísa

Ingrid disse...

Querida Maria Luisa,
por vezes se faz necessário não esperar..
obrigada pelo carinho amiga!
Grande beijo.

Cristiane disse...

Embale os medos e as desesperanças, mas continue acreditando que dias melhores virão! VIDA! Bom domingo.:)

Non je ne regrette rien: Ediney Santana disse...

eu que ando carente esse texto é quase um atentado sentimental em meu coração doente

Ingrid disse...

Querida Cris,
sempre acredito e vivo!.. faz parte..
beijos de bom domingo..

Ingrid disse...

Ediney,
vivamos cada fase .. sei que tudo melhora sim!
Grande beijo..

Chica disse...

O bom é quando conseguimos driblar os medos.Nem sempre dá,né? Mas tentamos...beijos,tudo de bom,chica

Ingrid disse...

Tentar sempre..
beijocas querida!.. de idade nova!!!