segunda-feira, 29 de novembro de 2010

voo leve.


                                                    Internet
 Despertar sem devaneios..
ver teu sorriso claro, aberto
sentindo quente a pele
sem fantasmas e trevas
que permeiam noites sem fim..
Ser o que sempre quis
sentir o descanso da alma
entregue sem medo..
voar levezas
de seda e folhas
no perfume doce
da tua pele..

Ing

15 comentários:

Valquíria Oliveira Calado disse...

Boa semana querida, obrigada pelo carinho.
Sabe é amar assim que queremos, comunhão na entrega do coração, beijos, muitos pra sua semana.

Cristiane disse...

Esse voo leve é o mais lindo de todos. Sem medos, apenas sentindo a beleza dos lugares por onde passas. Bjks

Ingrid disse...

Valquíria,
obrigada pelos beijos... os mesmos pra ti.

Ingrid disse...

E como faz bem!!!!
beijo no coração Cris..

Pablo Rocha disse...

Deixar se levar... Muito bom, Ingrid..

Parabéns!

Nilson Barcelli disse...

Ingrid, minha querida amiga, os voos de amor são sempre leves... mas o teu poema tem um peso enorme... de qualidade poética. Gostei imenso das tuas palavras.
Boa semana, beijos leves...

José Sousa disse...

Oi querida amiga Ingrid!
Tudo bem?
Sempre senti isso aí "Ser o que sempre quis
sentir o descanso da alma
entregue sem medo!".

Olha amiga... me diz como posso fazer para poder pesquisar, de uma forma tão rápida como vc o faz, quando alguém coloca uma postagem nos blogues que sigo? Sempre que coloco uma postagem em meus blogues vc nem me deixa respirar, já tá logo, logo dando comentário!

Rsrsrsrsr... Obrigadão

Um grande beijo e fique bem.

Ivana disse...

Ingrid,
Quanta delicadeza,eu queria muito esse voo leve e acordar sem devaneios. Que coisa linda, parabéns, querida!

Ingrid disse...

Pablo!..
que bom te ver de novo por aqui..
andavas meio sem palavras ... pisc ..
beijo grande amigo.

Ingrid disse...

Nilson,
querido poeta, receber tuas palavras sempre alegra!..
beijos..

Ingrid disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ingrid disse...

Ivana,
vida leve .. amar levemente!
beijinhos..

Ingrid disse...

José,
beom te ver aqui..
recebo tuas atalizações pois te sigo,, e as vezes estou on line bem no momento..
Beijinhos..

Vieira Calado disse...

Olá, boa noite!

Creio ser esta a minha 1ª visita.

Achei muito interessante o seu blog.

Saudações poéticas

Ingrid disse...

Obrigada pela visita e palavras Calado.
Abraços.