sexta-feira, 5 de novembro de 2010

melodias.


Sons adentram e ecoam
como solfejos antigos
em dedos e cordas silenciadas..


São tenores infantis
que sacodem grades
e sopranos sutis a embalar..


Vida em melodias doces
em alentos diuturnos
sonhando em olhos distantes..


Ing

"Pour Elise" - ao piano.

17 comentários:

Assis Freitas disse...

balada em tom maior,

beijo

Ingrid disse...

Minha infancia Assis.. embalada por tenores e sopranos..
Acho que ando meio nostálgica.. ;-)
Beijos.

Pablo Rocha disse...

Música para meus sentidos essa poesia. Adorei!

beijos!

Ingrid disse...

Obrigada Pablo.. amo música!e hoje ela veio em palavras..
Beijos.

Anônimo disse...

Sonhando com olhos distantes, dia e noite nos acordes do pensar... não é temor de criança, mas sentimentos de mulher, mesmo que nos façam sentir-mos como criança.


bomfds, beijinhos.

Jorge Pimenta disse...

ingrid,
visito o teu blogue pela primeira vez. não sabia das melodias que vinha perdendo. a analogia entre os sons e a vida é feliz; afinal, não temos nós, fora dos instrumentos musicais, ritmos, sons e tons que nos apaziguam, sacodem, embalam, agitam, acudem, beijam, gritam...
um beijo!

Ingrid disse...

Obrigada pela gentil visita e palavras Jorge.
Visito sempre o teu e me embeveço em tuas etiquetas que dão vontade colar mesmo em paredes eternas.. para sempre as ler.
Beijo.

Ingrid disse...

Querida essencia ... lembranças nos remetem a tantos lugares e sensações não é?
beijinhos..

•!¦[•Mara Bombo•]¦!• disse...

querida Ingrid, obrigada por visitar o CLIP, Centro Literário de Piracicaba, e deixar seu carinho. Seu espaço é muito lindo e poemas sensíves e belos, parabéns, virei mais vezes.
Bjs
Mara Bombo

Ingrid disse...

Agradeço a delicada visita Mara.
Um beijo.

Dilberto L. Rosa disse...

Apreciei muito "finito.", especialmente a sonoridade do início! Já a leveza desta tua "melodia" é ainda é mais pungente! Parabéns! Abraço!

José Sousa disse...

Lindo poema... gostei mesmo!
Conheça os meus trabalhos em:
www.minhaalmaempoemas.blogspot.com
www.queriaserselvagem.blogspot.com
www.congulolundo.blogspot.com

Com um beijo

Betha Mendes disse...

Ingrid,

a música é poesia cantada,
liberta, tansporta,
salva! belo poema1

abç

Betha

Ingrid disse...

Dilberto,
grata pela visita e comentários.
Grande abraço.

Ingrid disse...

José,
vou lá te visitar sim.
Obrigada e um beijo.

Ingrid disse...

olá Betha.
Obrigada pela tua visita.
Música é vida!
beijos.

Jorge Pimenta disse...

ingrid,
se gosto de rammstein? na fase voraz, como resistir-lhes? (confesso que nas demais também, hehe).
beijos!